Menu Papel POP

10 curiosidades sobre a franquia “Pânico” que vão te chocar!

MAIS SOBRE:

Um clássico de terror aclamado e amado por uma legião de fãs retorna aos cinemas nesta quinta-feira. “Pânico” estreia no dia 13 e marca um novo momento da franquia com o retorno do elenco principal e um novo time de jovens a serem vítimas do Ghostface. Mas sabia que todo o desenvolvimento dos filmes até então rendeu bastante história?

Mudanças de planos, elementos-chave decididos por acaso, participações especiais e projetos que passaram por transformações marcaram todos esses mais de 25 anos de existência da franquia “Pânico”. Por isso, decidimos listar aqui 10 curiosidades que vão te deixar em choque!

Drew Barrymore quase foi a Sidney Prescott, mas escolheu Casey

Drew Barrymore fez história na franquia “Pânico” ao estrelar a famosa cena de abertura no primeiro filme, de 1996. Ela interpreta Casey, a primeira vítima de Ghostface. Mas sabia que ela quase viveu o papel de protagonista?

Em entrevista, a atriz disse que enquanto discutia sobre a participação dela no filme, ela mesma escolheu viver Casey em vez de ser a Sidney Prescott. O motivo? Ela queria um papel um pouco mais confortável:

“No gênero de filmes de terror, minha maior implicância foi que eu sempre soube que a personagem principal iria chegar ao final, mas iria sofrer muito para sobreviver. O que eu queria fazer era ficar na zona de conforto. Então eu perguntei se eu poderia ser Casey Becker para que pudéssemos estabelecer que essa regra não se aplicaria neste filme”.

Melissa Joan Hart e Brittany Murphy também fizeram testes para o papel

Além de Drew Barrymore, nós também quase tivemos outras atrizes conhecidas no papel de Sidney Prescott antes de Neve Campbell. Segundo o Screenrant, Melissa Joan Hart (“Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira”) e Brittany Murphy (“Grande Menina, Pequena Mulher”) chegaram a fazer testes para estrelar o filme de terror.

Mas, além disso, outras duas atrizes também foram consideradas ao pensar quem seria a grande protagonista: Reese Witherspoon e Tori Spelling. O martelo foi batido para termos Neve Campbell vivendo Sidney Prescott, que faz o papel de forma incrível há quase trinta anos!

O filme quase se chamou “Scary Movie” (sim! O que depois veio a se chamar a franquia “Todo Mundo em Pânico”)

Ficou chocado com essa daqui, né? Durante a etapa de pré-produção, “Pânico” se chamava “Scary Movie”! O curioso aqui é que, quatro anos depois, este foi o nome oficial da franquia de terror “Todo Mundo em Pânico”, baseada nos filmes do Ghostface. Coincidência? Talvez não.

O que aconteceu é que os produtores não curtiram muito o nome e acabaram mudando de ideia enquanto ouviam “Scream”, do Michael Jackson, e acharam que era um ótimo título para o filme.

A máscara foi escolhida por acaso, durante uma pesquisa de set de filmagem

A máscara do Ghostface faz parte da cultura pop e se tornou algo eternizado no gênero do terror, sendo escolhida para ser a fantasia de Halloween de milhões de pessoas pelo mundo. Sendo assim, dá impressão de que houve toda uma pesquisa em cima do desenvolvimento do look, certo? Mas não!

Na verdade, a máscara já existia antes do filme. Em 2015, Wes Craven disse ao Hollywood Reporter que a equipe estava fazendo uma pesquisa de campo para decidir os locais de filmagens e foi aí que a produtora Marianne Maddalena encontrou a máscara numa cadeira de uma casa que visitavam. Mas, aparentemente, a equipe originalmente não gostou da ideia por ser uma máscara que já existia.

“Corri e mostrei à equipe e eles não compartilharam do meu entusiasmo. Eles tentaram esculpir outros como aquele porque não eram donos do original. Eventualmente, quando essas tentativas falharam, eles pegaram a máscara do Fun World e negociaram para incluí-la no filme”, disse Marianne em entrevista.

A história é inspirada num serial-killer real!

Saber que um filme de terror foi inspirado em algo que realmente aconteceu deixa as coisas um pouco mais assustadoras. Também é o caso de “Pânico”, que foi parcialmente baseado num crime real. O roteirista Kevin Williamson escreveu “Pânico” ao assistir um documentário sobre um serial killer chamado Danny Rolling, conhecido como o Estripador de Gainesville.

Qual foi o caso? Em 1990, o assassino matou cinco estudantes universitários em Gainesville, na Flórida, após invadir o apartamento deles. Parece familiar, né?

Linda Blair, a Regan de “O Exorcista”, já fez uma participação especial

“Pânico” é uma grande homenagem ao gênero do terror e faz uso de vários clichês e referências ao longo da trama. Pois bem, essa homenagem atinge novos níveis pelo fato de que temos uma estrela de um clássico fazendo uma ponta no filme. Linda Blair, a protagonista de “O Exorcista”, aparece no primeiro “Pânico” sendo uma das repórteres que aparecem na escola de Woodsboro. Reconhece?

A voz do Ghostface é a mesma do Macaco Louco de “As Meninas Superpoderosas”

Quando um personagem atende o telefone e é surpreendido por uma chamada do Ghostface, a gente tem até calafrios por conta da voz icônica do assassino. Mas sabia que essa voz também fez parte da sua infância de outra forma? Você vai ficar chocado!

Roger L. Jackson é o dono da voz do Ghostface ao longo dos quatro filmes já lançados, mas ele também faz a voz do Macaco Louco de “As Meninas Superpoderosas”! Ele também reprisou o papel na série “Pânico” da MTV e também está creditado em animações como “Avatar” e “Apenas um Show”.

Courteney Cox teve que convencer os produtores de que conseguiria ser uma “cretina” para conseguir o papel de Gale Weathers

Courteney Cox vive a jornalista Gale Weathers na franquia “Pânico”, uma das protagonistas que inclusive retorna para o novo filme. Porém, lá atrás, em 1996, ela também vivia outro papel icônico: a Mônica de “Friends”.

Mônica e Gale são bem diferentes. Courteney ficou tão marcada por ser uma personagem certinha na série que teve que convencer o diretor de “Pânico” de que ela era capaz de fazer algo diferente para conseguir o papel. Ao Entertainment Tonight em 2016, ela disse: “eu escrevi uma carta ao Wes, acho que eu sempre fui conhecida por ser muito fofa, e aí eu disse ‘eu consigo ser bem cretina'”. Ainda bem que deu certo!

“Pânico 4” quase foi o começo de uma nova trilogia

“Pânico 4” estreou em 2011 e foi muito aguardado pelos fãs, pois o filme anterior havia sido lançado onze anos antes! Originalmente, a ideia era de que essa fosse uma nova era da franquia, com novos três filmes.

“Ele tinha uma ideia para uma nova trilogia […] se houvesse um “Pânico 4”, ele queria que tivesse um “Pânico 5” e “Pânico 6″ em algum momento e disso sairia uma trilogia que funcionaria sozinha”, disse Wes Craven sobre o roteirista Kevin Williamson para o Movieweb em 2022.

Infelizmente, o mundo perdeu o renomado diretor Wes Craven para um câncer cerebral em 2015. Com isso, a equipe achou que não faria sentido continuar a história de “Pânico 4” sem ele. “Não sei como fazer isso sem o Wes e não vejo motivo para fazê-lo”, disse Williamson em 2016 para o Entertainment Tonight.

Neve Campbell só aceitou atuar no novo “Pânico” após assistir “Casamento Sangrento”

O novo “Pânico” é o começo de uma nova era da franquia e servirá como uma grande homenagem ao trabalho de Wes Craven. Mesmo acontecendo depois de “Pânico 4”, não é uma continuação de toda a trama construída até então. É um novo momento, uma nova era. Porém, a atriz Neve Campbell estava apreensiva de continuar estrelando o papel de Sidney Prescott sem Craven, já que os dois trabalharam juntos ao longo de 15 anos. Mas então, ela se sentiu convencida ao assistir outro filme dos diretores James Vanderbilt e Guy Busick: “Casamento Sangrento”.

“Eu fiquei muito apreensiva em fazer um desses filmes sem Wes”, disse Campbell ao Comic Book]. “Os diretores me mandaram uma carta junto com o convite, e lá dizia que a razão pela qual eles são diretores é pelo trabalho de Wes Craven. Então eles estão muito honrados de fazerem esse filme. […] Quando eu assisti Casamento Sangrento, que achei tão bom, pensei ‘Eles conseguem fazer isso'”.

Está chocado com essas fofocas de bastidores? “Pânico” estreia nesta quinta-feira, dia 13, somente nos cinemas!

Comentários

Topo