Menu Papel POP
(Reprodução)

Apresentações do Tiny Desk de 2021 que você não pode deixar de apreciar

A National Public Radio é uma organização de mídia independente norte-americana sem fins lucrativos. Fundada com o intuito de criar um público mais informado, a associação atua em diversas editorias de comunicação social com foco em música, arte, cultura e assuntos gerais de interesse público.

Idealizado pela NPR, o Tiny Desk corresponde a uma série de apresentações que zelam pelo caráter intimista de suas execuções, como se fossem performances particulares, rodeadas de amigos e entes queridos dos artistas. Devido à pandemia do novo coronavírus, os registros ao vivo deixaram de ser gravados no escritório do programa All Songs Considere para adentrar em espaços dos próprios músicos.

Assim, os concertos do “Tiny Desk (Home)” ganharam um acréscimo na aura intimista de suas performances, que, naturalmente, já detinham tal aspecto no local anterior. “É o mesmo espírito – conjuntos simples, um ambiente íntimo – apenas um espaço diferente”, afirmam os representantes da empresa.

Para matar um pouco da saudade de participar de shows e sentir a energia dos artistas que amamos, separamos uma lista com alguns destaques do ano no “Tiny Desk (Home)”. Com um alto volume de performances, essa lista simboliza um pequeno convite para que possam adentrar no universo magnífico da música a partir desse olhar único sobre apresentações ao vivo. Bora lá!

C. Tangana

Envolto por familiares, amigos, produtores, uma orquestra de cordas, entre outros músicos, C. Tangana comanda a primeira performance ao vivo de faixas de “El Madrileño“, disco lançado no início do ano. A calorosa e intimista apresentação se destaca como uma das mais instigantes de 2021 por sua sintonia e espírito harmonioso que transpassa por cada detalhe, movimento e acorde.

Em cerca de 15 minutos, o artista entoa “Me Maten” com Antonio Carmona, “los Tontos” ao lado de Kiko Veneno, uma enérgica “Demasiadas Mujeres” com elementos de “Campanera”, e conclui a festa com “Tú Me Dejaste De Querer”, com a poderosa adição de La Húngara e Niño De Elche.

C. Tangana conquistou três vitórias no Latin Grammy 2021. Melhor Engenharia de Som por “El Madrileño“; Melhor Canção Alternativa por “Nominao”, parceria com Jorge Drexler; e Melhor Canção de Pop/Rock, por “Hong Kong”, colaboração com Andres Calamaro. Mal podemos esperar pelos próximos lançamentos!

Little Simz

Quatro anos depois de apresentar seu álbum de estreia, “A Curious Tale of Trials + Persons”, na plataforma, Little Simz está de volta ao Tiny Desk. Desde então, a artista esteve nas séries “Top Boy”, “Afrofuturism” e até deu as caras em “Venom: Tempo de Carnificina”. Porém, para além dos trabalhos de atriz, a rapper britânica também lançou elogiados álbuns e EPs, como “Drop 6”, “GREY Area” e “Sometimes I Might Be Introvert“, que chegou às plataformas digitais em setembro deste ano.

Em um espaço que lembra a locação original da série musical, Little Simz, banda e backing vocals entregam uma envolvente apresentação com as faixas “Introvert”, “I Love You, I Hate You”, “Point and Kill”, parceria com Obongjayar, e “Woman” em seu repertório. Pegue uma taça de vinho e venha apreciar!

Luedji Luna

Em maio deste ano, o Tiny Desk selou uma parceria com o festival “Black Spring”, do AFROPUNK. Organizado por Jorge “Gitto” Wright, o evento destacou talentos da música afro-latina e afro-caribenha de todo o mundo. A brasileira Luedji Luna foi uma das convidadas para a festividade.

A artista baiana levou a atmosfera de “Bom Mesmo É Estar Debaixo D’Água“, disco que também ganhou um delicado registro audiovisual no final de 2020, através de três canções. As faixas selecionadas foram “Lençóis”, “Erro” e “Chororô”. “Eu sinto que estamos vivendo um momento maluco e a música tem sido o único lugar seguro para mim, por isso eu produzi esse disco durante esse período”, disse a artista se referindo ao período conturbado da pandemia.

Trata-se de uma apresentação delicada e cheia de nuances, que vai fazer os olhos brilharem e a mente vagar pela voz da artista.

Miley Cyrus

Excêntrica e única, Miley Cyrus encontrou uma forma singular de conduzir sua participação no Tiny Desk no começo deste ano: um espaço que difunde muitas das características da cantora, partindo do fenômeno teen à artista disruptiva e, eventualmente, experimental.

Dessa vez como uma estrela do rock, trazendo a estética sonora e visual do disco “Plastic Heart“, Cyrus se encontra em uma nova versão de um dos cenários de “Alice no País das Maravilhas”. Com uma performance crua, direta e comovente, o repertório da cantora traz “Golden G-String”, “Prisoner” e um cover do hino psicodélico “Fade Into You”, de Mazzy Star. É dia de rock, bb! 

Rina Sawayama

Em abril de 2021, eram poucas as oportunidades de realizar grandes apresentações musicais. Rina Sawayama aproveitou a execução ao vivo de “Dynasty”, “XS” e “Chosen Family”, na versão feita com Elton John, para demonstrar seu poder vocal e matar um pouco da saudade dos palcos.

Com destaque à versatilidade, a apresentação aconteceu praticamente um ano após o lançamento do primeiro disco de estúdio da cantora. Nos últimos meses, a artista produziu novos singles, covers, uma versão especial do projeto e participou do álbum de remixes de de Lady Gaga, “Dawn of Chromatica”.  Rina, que retoma a turnê em março de 2022, poderá ser vista em “John Wick: Chapter 4” em breve. Já queremos!

Demi Lovato

Gravado em um dia ensolarado em Los Angeles, Demi Lovato fez sua aguardada participação no Tiny Desk em abril deste ano. Segundo relato de Lyndsey McKenna, editora assistente da NPR, havia uma grande expectativa para levar a cantora à plataforma.

“Há alguns anos, alguns de nós da equipe da NPR Music encontramos uma cópia do livro de Demi Lovato de 2013, ‘365 Dias Do Ano (Staying Strong)’. Ler as reflexões sinceras dela se tornou um hábito diário; sua transparência e vulnerabilidade nos tornavam admiradores fervorosos que só queriam o melhor para Demi”, diz Lyndsey. “Embora a pandemia tivesse outros planos, o show da Demi no Tiny Desk valeu a espera”, completa.

Demi apresenta faixas de “Dancing With The Devil … The Art Of Starting Over“, disco lançado neste ano. O repertório escolhido inclui “Tell Me You Love Me”, “The Art Of Starting Over” e “Dancing With The Devil”. De arrepiar!

Nick Nicole

Em comemoração ao Mês da Herança Hispânica, a série “El Tiny” foi criada pela National Public Radio com diversos músicos latinos. A argentina Nick Nicole fez parte da programação festiva.

Rodeada por músicos em um estúdios recheado de elementos vintage, nostálgicos, a jovem artista apresentou cinco músicas. Aproveitando o espaço com movimentações e interações com a banda e próprio telespectador, Nick conduz novas versões de canções de “Parte de Mi”, disco recém-lançado, como “Colocao'”, “Mala Vida”, “Baby” e a faixa-título. “Wapo Traketero”, do álbum “Recuerdos”, também ganha espaço na interativa apresentação.

Para conhecer os detalhes de “Parte de Mí”, LP lançado em outubro, o Papelpop selecionou alguns detalhes que constroem o diverso projeto. Além do projeto, a artista recentemente esteve em“Pa’ Mis Muchachas”, single de Christina Aguilera em parceria com Becky G e Nathy Peluso.

J. Balvin

Um dos cantores mais prolíficos de 2021, J. Balvin também integrou a seleção extensa do Tiny Desk neste ano. O príncipe do reguetón foi mais um participante de “El Tiny”, série em celebração ao Mês da Herança Hispânica nos Estados Unidos.

Com a visão da Ponte do Brooklyn, o artista apresenta faixas de “JOSE“, disco que ganhou o nome de batismo de Balvin. Enquanto o sol se põe em Nova York, um intenso setlist é exposto. “Vestido”, “Que Locura”, “OTRO FILI”, “F40” e “In Da Getto” contemplam o registro com cerca de 15 minutos.

Karol G

Entregue a diferentes estilos, Karol G entrega uma interativa performance em sua participação no Tiny Desk. Com registro gravado em Miami, a artista conduz faixas do álbum “KG0516” em um nítido equilíbrio entre vulnerabilidade e forte presença de palco.  Depois do mashup “Créeme/A Ella”, “200 COPAS” ganha o registro com uma envolvente interpretação. Por fim, ela recebe o cantor colombiano Camilo para entoar “CONTIGO VOY A MUERTE”.

Indicada quatro vezes ao Latin Grammy 2020 e vencedora do gramofone de “Artista Revelação” (2018) na honraria, Karol vem colhendo os frutos do sucesso de seu último álbum. Na estreia, o disco lançado em março entrou para o top 20 da “Billboard 200” ao lado de artistas como Dua Lipa e Ariana Grande. O projeto já acumula mais de dez bilhões de reproduções globais nas plataformas digitais.

Para 2022, Karol ainda se prepara para estrear como atriz em uma série da Netflix. As gravações têm início marcado para janeiro de 2022. Vem aí!

Olivia Rodrigo

Olivia Rodrigo encontrou em 2021 uma trilha de estrondoso sucesso. Com “Sour“, seu primeiro álbum, despontando no topo das paradas musicais, a artista foi reconhecida como um verdadeiro fenômeno em 2021.

Para fechar o ano, a cantora se apresentou no Tiny Desk com sucessos desse projeto ambicioso. Ao experimentar arranjos ao longo da performance, as faixas ganham novos ares a partir do confiante vocal de Olivia. Um convite ao universo da artista, o repertório da apresentação contempla os hits “good 4 u”, “traitor”, “deja vu” e, claro, “drivers license”.

***

Comentários

Topo