Menu Papel POP
Foto: Divulgação

“House Of Gucci”: Herdeiros da Gucci mostram descontentamento com o filme, “um insulto ao legado”

Um dos filmes mais aguardados e comentados de 2021, “House Of Gucci” vem gerando uma expectativa desde que foi anunciado. No entanto, lançado no último dia 25 de novembro, a narrativa contada no longa ofendeu os herdeiros da família Gucci, que emitiram um comunicado expressando toda a indignação pelo o que foi retratado.

O filme que pode render uma indicação ao Oscar para Lady Gaga conta a história por trás do assassinato de Maurizio Gucci (Adam Driver), arquitetado por sua ex-esposa, Patrizia Reggiani (Gaga). Na nota enviada à agência italiana de notícias, Ansa, os herdeiros de Aldo Gucci — que presidiu a empresa por 30 anos — alegam que a forma retratada foi mentirosa e que se sentem “perturbados”.

Ao apontarem que a produção “não se preocupou em consultar os herdeiros”, o comunicado diz que “os membros da família Gucci reservam todas as iniciativas para proteger o seu nome, imagem e dignidade e os seus entes queridos”. Além disso, alegam espanto: “apesar do trabalho afirmar querer contar a ‘verdadeira história’ da família, os temores despertados pelo trailer e entrevistas divulgados até agora confirmam que o filme transmite uma narrativa nada precisa”.

Mas, um fato que chamou ainda mais a atenção no comunicado, e certamente entre os herdeiros, foi o retrato de Patrizia Reggiani, considerado uma “como uma vítima tentando sobreviver em uma cultura corporativa machista, corporativista e chauvinista”, algo que, segundo a família, “não poderia estar mais longe da verdade”.

Os herdeiros ainda se sentiram insultados com a maneira em que os membros da família foram retratados “como bandidos, ignorantes e insensíveis ao mundo ao seu redor” e continuam: “Isto é extremamente doloroso do ponto de vista humano e um insulto ao legado que a marca foi construída até hoje”.

“A Gucci é uma família que vive honrando o trabalho de seus ancestrais, cuja memória não merece ser incomodada em encenar um show falso e que não faz justiça aos seus protagonistas”, finalizam.

Ainda, os herdeiros ameaçaram entrar com uma ação judicial contra o diretor do filme, Ridley Scott, pela suposta retratação mentirosa dos fatos que acercam o relacionamento de Maurizio Gucci e Patrizia Reggiani.

Comentários

Topo