Menu Papel POP
Foto: Divulgação

Deize Tigrona volta a explorar lado “Sadomasoquista” em clipe que revisita clássico

Há 19 anos, quando a maioria dos ouvintes ainda era criança, Deize Tigrona emplacou nos bailes cariocas o seguinte refrão: “Vem de chicote/algema/corda de alpinista/aí que eu percebi que o cara é sadomasoquista”.

Musa e precursora do funk brasileiro, a artista vive um momento solar da carreira e acaba de estrear uma releitura desta faixa seminal.

Com veia de pop eletrônico, “Sadomasoquista (Vem de Chicote)” ganha agora produção de MU540, frequente colaborador de Jup do Bairro e Linn da Quebrada, entre outros nomes.

Tanto musical, quanto visualmente, a narrativa coloca a artista na posição de questionar o controle nas relações sexuais. O material tem direção de Mariana Jaspe e não é permitido para menores de 18 anos.

Deize Tigrona é uma das figuras femininas mais importantes da música popular brasileira. Natural da Cidade de Deus, favela do Rio de Janeiro, a artista passou a se apresentar como funkeira ainda nos anos 1990.

Após colaborar com nomes como Diplo, M.I.A. e Buraka Som Sistema, engatou uma carreira de sucesso no exterior – feitos que foram interrompidos abruptamente por questões pessoais.

De volta à cena e com criatividade de sobra, ela tem renovado sua proposta sonora ao lado das novas gerações. Os singles “Vagabundo”, com Badsista, e “Joga Bunda”, com KD Soundsystem, são prova de que a coroa nunca saiu de sua cabeça.

Comentários

Topo