Menu Papel POP
Foto: Divulgação

Gosta de pop francês? Zaz está de volta com “Isa”, disco de inéditas feito durante lockdown

MAIS SOBRE:

Onze anos após se tornar uma estrela mundial graças ao sucesso de “Je Veux” e outros três após seu trabalho de estúdio mais recente, “Effet Miroir”, a cantora francesa Zaz apresenta mais um disco de inéditas. “ISA“, gravado durante o lockdown na França, é fruto do que a própria artista define como “um período que a sacudiu”.

“Eu precisava ficar mais calma, quase me ausentar. Isso não foi o que fiz nos últimos dez anos, é um paradoxo”, conta, em carta de apresentação. Zaz se refere especificamente ao período em que passou na estrada, entre um projeto e outro e casas lotadas.

“É um novo ciclo. Eu finalmente entendi meu lado adulto”, diz a artista. “O que eu experimentei ao longo desses últimos anos foi super enriquecedor. Tudo foi novo. Eu até exportei meu Zazimut festival para a Rússia! Eu experimentei de tudo, mais e além. É minha natureza”.

Na companhia do produtor holandês REYN, pianista e compositor renomado, a artista gravou entre a França e a Bélgica compartilhando detalhes do processo com os fãs em uma espécie de diário batizado como Le Journal d’Isa.

“Em algum ponto eu desejei que a Zaz morresse. Zaz, a figura pública, a performer, o nome artístico ocupou todo o espaço, deixando pouco para a ‘Isa’. E desse então eu passei dez anos projetando energia a minha volta e por todo o mundo, foi uma jornada diferente que comecei dessa vez, em que me dediquei totalmente a me voltar ao meu interior. Então fez sentido que esse álbum devesse se chamar… ‘ISA’!”.

Eis a relação completa de faixas.

1 -Les jours heureux
2- Imagine
3- De couleurs vives
4- Ce que tu es dans ma vie
5- Là-haut
6- Il faut qu’on se donne
7- Exister
8- A perte de rue
9- Comme tu voudras
10- Avec son frère
11- Le jardin des larmes (com Till Lindemann)
12- Le chant des grives
13- Et le reste

Para ouvir, basta clicar na foto abaixo.

Comentários

Topo