Menu Papel POP
(Foto: Lana Pinho)

Carol Biazin completa tracklist do álbum “Beijo de Judas” com “Raio X”, parceria com Dilsinho

O projeto “Beijo de Judas”, de Carol Biazin, está concluído. Nesta semana, a artista divulgou o single “Raio X”, parceria com Dilsinho que conclui o disco.

Sensível, romântica e a mais acústica do projeto, a faixa fala sobre um amor proibido, de duas pessoas que querem estar perto, mas pelas circunstâncias da vida não conseguem manter a relação.

A dupla de artistas ainda protagoniza um clipe minimalista disponível no canal do Youtube da cantora. Confira:

“A minha ideia era ter em “Beijo de Judas” uma faixa acústica e eu achei essa música tão sincera, me mostra tão vulnerável, que eu entendi que ela não precisaria de muito pra ser uma boa música”, explica Biazin. “A ideia de convidar o Dilsinho existe desde de o dia que eu escrevi o refrão da música. Eu achei a cara dele e que faria muito sentido ter ele na faixa. A música chegou a subir pro álbum sem a participação, mas depois conseguimos realizar essa parceria e a sensação é que ele sempre esteve ali”, completa.

“A gente quis tirar esse pé da letra do clipe, levamos muito para esse lado de eu mesma me encontrar, a Carol se encontrar em uma nova versão. O que é muito interessante porque finaliza o ciclo de Beijo de Judas, eu era uma pessoa no início do álbum e no final eu sou outra pessoa. É um momento de perceber o quão grande eu sou, do que sou possível, capaz, me vejo muito grandiosa no final deste clipe”, conta Dilsinho.

Sobre o futuro, Carol Biazin promete continuar com as surpresas. “Eu sempre tento vir com outras novidades a cada trabalho uma nova Carol. Com certeza, em 2022, teremos sim essa versatilidade de poder colaborar com artistas de outros gêneros e ainda assim manter quem sou! Sempre me vi muito flexível dentro da música, a muito tempo achava que era um problema por não saber direito onde era para eu estar, mas hoje eu sei que posso estar em qualquer lugar e ainda ser eu”, finaliza.

Ouça o disco “Beijo de Judas” nas plataformas digitais.

Comentários

Topo