Menu Papel POP
Em março deste ano, artista lançou um livro com reflexões sobre a vida e a batalha contra o câncer (Reprodução)

Sarah Harding, ex-integrante do grupo Girls Aloud, morre aos 39 anos

Sarah Harding, ex-integrante do grupo Girls Aloud, faleceu aos 39 anos devido a complicações de um câncer de mama. A notícia foi divulgada na manhã deste domingo (5) no perfil da artista.

A legenda da publicação traz uma carta da mãe da cantora. “Muitos de vocês saberão da batalha de Sarah contra o câncer e que ela lutou tão fortemente desde o diagnóstico até o último dia. Ela fez a passagem pacificamente esta manhã”, relata.

“Gostaria de agradecer a todos por seu amável apoio durante o ano passado. Significou o mundo para Sarah e deu-lhe grande força e conforto saber que era amada. Eu sei que ela não vai querer ser lembrada por sua luta contra esta doença terrível – ela era uma estrela brilhante e espero que seja assim que ela possa ser lembrada.”

Harding alcançou a fama em 2002 como um concorrente do programa “Popstars: The Rivals” – um show de talentos da ITV que visava encontrar uma nova banda de garotas e uma banda de garotos. Ela chegou à final e foi votada no grupo que se tornou o Girls Aloud, ao lado de Nicola Roberts, Nadine Coyle, Kimberley Walsh e Cheryl Cole.

O grupo teve vários sucessos no Reino Unido, incluindo “Sound of the Underground”, “The Promise”, “Love Machine”, “Jump” e “Call The Shots”. Em 2013, elas anunciaram o fim da banda.

Em março deste ano, a cantora lançou um livro de memórias intitulado “Hear Me Out”. Ciente da evolução da doença, ela reflete o valor da vida na publicação.

Comentários

Topo