Menu Papel POP
Longa estreia em março de 2022 (Reprodução)

Sam Raimi reflete experiência em retornar ao universo de super-heróis com “Doutor Estranho 2”

Depois de entregar a primeira trilogia cinematográfica do Homem-Aranha, Sam Raimi estará de volta ao universo de super-heróis em “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura”. Em entrevista ao portal Collider divulgada hoje (30), o cineasta abordou a experiência com o novo projeto do Marvel Studios e o relacionamento complexo com os fãs após o terceiro filme do Amigão da Vizinhança.

“Eu não sabia se poderia enfrentar [o público] novamente porque era tão horrível, tendo sido o diretor de ‘Homem-Aranha 3’. A Internet estava ficando cada vez mais acelerada e as pessoas não gostavam daquele filme e com certeza me falavam sobre ele. Foi difícil retomar”, explica o diretor.

Ele continua: “Descobri que havia uma abertura para ‘Doutor Estranho 2’. Meu agente me ligou e disse: ‘Eles estão procurando um diretor na Marvel para este filme e seu nome apareceu. Você estaria interessado?’ E eu pensei, ‘ [sempre] me pergunto se eu ainda conseguiria fazer isso.’ […] Sempre gostei muito do Doutor Estranho. Ele não era meu favorito, mas estava lá com os favoritos. Adorei o primeiro filme, achei que [o diretor] Scott Derrickson fez um trabalho maravilhoso, um trabalho incrível. Então, eu disse: ‘Sim’. Eles deixaram o personagem em um ótimo lugar. Eu não pensei que faria outro filme de super-herói, simplesmente aconteceu.”

Sem muitos detalhes oficiais sobre a trama, sabe-se que o longa acompanhará o Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) tentando ajustar as consequências da abertura do multiverso. As pistas têm sido deixadas nas recentes produções da Fase 4 do MCU, incluindo os acontecimentos de “Loki” e “WandaVision”. O conceito também é amplamente explorado na animação “What If…?”.

Além de Benedict no papel do personagem-título, o elenco ainda inclui Elizabeth Olsen, Xochitl Gomez, Rachel McAdams e Benedict Wong. “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” estreia em  25 de março de 2022.

Comentários

Topo