Menu Papel POP
Faixa escolhida para a ocasião foi lançada em julho (Reprodução)

Normani no VMA: Pitchfork destaca apresentação da artista como uma das melhores da noite

O VMA 2021 deu o que falar não apenas por ter sido uma das primeiras premiações após a pandemia e todas as suas limitações, mas também por ter resgatado de certa forma o verniz das noites de gala que movimentavam a cultura pop nos anos 1990 e 2000.

Em texto colaborativo assinado por alguns dos membros de sua redação, a revista Pitchfork elegeu a performance de Normani como a mais impactante da noite.

“A apresentação mais emocionante da noite veio dela, que destacou seu status como uma das estrelas mais promissoras de sua geração”, escreveu o crítico Ryan Dombal. “A coreografia esmagadora, o cenário elegantemente austero. Tudo isso estava no ponto durante “Wild Side”‘.

Outro destaque, segundo a publicação, foram as reverências feitas pela artista, que além de usar um sample de Aaliyah e dançar sensualmente ao lado de Teyana Taylor, também imortalizou Janet Jackson como o grande ícone pop que sempre foi.

“Quando ela deu a Teyana Taylor, que estava amarrada a uma engenhoca em cruz / escada pervertida, uma lap dance, Normani estava canalizando Janet Jackson, que costumava fazer a mesma coisa para admirar fãs no show. Agora, mais do que nunca, urge o tão esperado álbum de estreia de Normani”.

A revista também elogiou o trabalho de Doja Cat como apresentadora e a aparição de Kacey Musgraves, divulgando seu novo disco. Leia a review completa em inglês clicando aqui.

Comentários

Topo