Menu Papel POP
Foto: Divulgação/Pablo Saborido

Juçara Marçal parte em busca de respostas e sensações no disco “Delta Estácio Blues”

Mais uma vez, Juçara Marçal chega com o pé na porta. A artista paulista, que tem no currículo passagens pelos grupos Metá Metá, Vésper Vocal e A Barca, estreia nesta quinta-feira (30) o disco “Delta Estácio Blues“.

Esta coleção de 11 faixas inéditas, entre elas o single “Crash“, uma potente narrativa sobre a invisibilidade da periferia, se desenha como um novo passo de sua respeitada trajetória solo.

Neste segundo disco, entre os muitos ruídos, experimentos e colagens que o constroem, a artista eleva a própria voz a lugares ainda inexplorados, apresentando ao público uma proposta de diversidade criativa. “Delta” é o ápice de três décadas de um árduo trabalho desenvolvido com a canção e a palavra.

Os temas da vez orbitam entre religião, poluição e existencialismo. Como Maria Bethânia em seu “Noturno”, Marçal cria um som que é igualmente relevante e urgente. Feche os olhos, coloque os fones e ouça clicando na foto abaixo.

A estreia é mais um fruto do financiamento oferecido pelo Edital Natura Musical em 2020, projeto que ao longo de 16 anos ofereceu recursos para a criação de obras de artistas diversos como Lia de Itamaracá, Dona Onete, Emicida, Elza Soares, Jaloo e Filipe Catto.

Comentários

Topo