Menu Papel POP
Foto: Divulgação

As Baías: grupo anuncia separação em comunicado

Em nota dirigida ao público e compartilhada nesta terça-feira (28) via Instagram, o grupo As Baías, formado por Assucena Assucena, Raquel Virgínia e Rafael Acerbi, anunciou sua separação.

Emocionado, o trio relembrou a meteórica trajetória que se desdobrou a partir de um simples projeto entre amigas estudantes.

“Tivemos muitas conquistas nesses 6 anos”, escreveram. “Cantamos de ponta a ponta no Brasil e fomos muito bem recebidas em todos os lugares em que passamos. Mas entendemos que individualmente temos proposições artísticas diferentes”.

Os primeiros trabalhos de As Baías, à época assinando como As Bahias e a Cozinha Mineira, chegaram ao público em 2015 e 2017. “Mulher” e “Bixa”, respectivamente, revelaram artistas que dariam o tom de uma geração que veio com a missão de renovar os ares da música popular brasileira.

O sucesso “Jaqueta Amarela” levou o trio a tocar em palcos importantes da cena pop como a 24ª Parada do Orgulho LGBTI+ do Rio de Janeiro (2019) e a Virada Sustentável (2019). Já incorporado Rafael Acerbi ao time, elas subiram ainda pra tocar diante de milhares nos festivais Milk Shake, Bananada e Mix Brasil de Cultura e Diversidade.

No álbum “Tarântula”, indicado ao Latin Grammy, o trio fez um exercício inédito ao explorar uma veia pop que caracterizaria seus próximos projetos. A preocupação com a estética e a concepção de um LP conceitual se estenderam até mesmo ao título, uma referência à bárbara operação realizada pela polícia de São Paulo nos anos 1980 para prender e violar pessoas LGBTQIA+.

O disco mais recente de As Baías é “Drama Latino”, um EP com 6 faixas gestadas ao lado de colegas parceiros. Ouça a discografia completa nas plataformas de streaming.

Comentários

Topo