Menu Papel POP
O EP se consagra como a primeira das duas etapas do álbum “Nu Com a Minha Música” (Leo Aversa)

Ney Matogrosso celebra 80 anos com lançamento do EP “Nu Com a Minha Música”

Ney Matogrosso completa 80 anos neste primeiro dia de agosto. Para celebrar o aniversário, o artista entrega quatro canções ao mundo com o EP “Nu Com a Minha Música”.

A tracklist começa com uma interpretação poderosa de “Nu Com a Minha Música”, clássica composição de Caetano Veloso. “Mi Unicornio Azul”, de Silvio Rodriguez, dá continuidade à maestria.

Ney concede seu canto à música “Se Não For Amor Eu Cegue”, de Lenine e Lula Queiroga, logo em seguida. “Gita” finaliza o EP, apresentando uma nova roupagem da faixa originalmente escrita por Paulo Coelho e Raul Seixas na década de 1970.

Ouça:

O EP se consagra como a primeira das duas etapas de lançamento do álbum “Nu Com a Minha Música”. Fruto de uma nova parceria de Matogrosso com a Sony Music, o projeto de estúdio promete um total de 12 interpretações.

Concebido durante a pandemia do coronavírus, o disco tem produção musical dividida entre quatro nomes com quem o intérprete vem trabalhando nos últimos tempos: Sacha Amback, Marcello Gonçalves, Ricardo Silveira e Leandro Braga. Cada produtor agrega com o uso de formações e bandas diferentes.

Todo o repertório do trabalho foi pinçado em um baú especial, cultivado por Ney ao longo dos anos. São músicas que ele conheceu na voz de outros intérpretes e que o atingiram de imediato, não fazendo diferença se tenham vindo da Jovem Guarda ou de um compositor da nova geração.

A ideia é que o álbum musical seja compreendido como um álbum de memórias antigas e recentes, formando um quadro contemporâneo. A estreia está programada para novembro.

Além das canções, Matogrosso tem uma nova biografia. Escrito pelo jornalista Julio Maria, o livro possui 512 páginas e percorre a trajetória do artista. “Ney Matogrosso: A Biografia” já está disponível nas lojas por meio da editora Companhia das Letras.

Comentários

Topo