Menu Papel POP
Lista inclui ainda menções ao brasileiro Seu Jorge por filme de Wes Anderson (Foto: Divulgação)

“Frances Ha”, “Pantera Negra”, “Purple Rain”: Pitchfork elege as 50 melhores trilhas sonoras de todos os tempos

Famosa por seus rankings e resenhas críticas, a revista Pitchfork liberou neste fim de semana uma lista com as 50 melhores trilhas sonoras. Os títulos foram eleitos com base em votação organizada por membros da redação.

Além de clássicos como “Purple Rain“, responsável por alavancar a carreira de Prince a um outro patamar, estão ainda “Pulp Fiction”, clássico de Quentin Tarantino”, e “Frances Ha“, do cineasta Noah Baumbach. Abaixo, alguns dos pontos altos.

***

45. “Pantera Negra”, 2018

“Os quadrinhos de super-heróis trafegam na realização de desejos e a imaginação é abundante aqui. SOB X RBE atuam como anti-heróis barulhentos. (…) A trilha sonora cai por terra quando as ideias são muito básicas, mas o registro geralmente sobe para a ocasião, posicionando Kendrick Lamar e os muitos mundos que ele conecta como partes de um todo brilhante. Wakanda é uma ideia maluca e, nas mãos de Kendrick e cia., quase parece real”.

21. “A Vida Marinha com Steve Zissou”, 2004

“O cover em português de “Starman” na voz de Seu Jorge é folclórico, transformando uma música que já foi melodramática. A sua versão de “Rebel Rebel” adiciona um toque divertido ao tom açucarado do longa. Da mesma forma, “Five Years”, “Rock N ‘Roll Suicide” e “Life On Mars?” mantém sua urgência, embora Jorge suavize suas arestas para um efeito geral que parece a sombra tênue da tristeza em um dia claro de verão”.

10. “Pulp Fiction”, 1994

“Quentin Tarantino fez a curadoria da trilha sonora de seu filme da mesma forma que produtores de rap habilidosos trabalham os samplers, desenterrando e recontextualizando joias perdidas da era do vinil, encontrando uma certa intensidade enlouquecida nas músicas de surf-rock dos anos 60”.

29. “Frances Ha”, 2012

“Ecoando um tributo à new wave francesa, Frances Ha encaixa seus momentos de milennial feliz em obras dos veneráveis ​​compositores franceses Georges Delerue e Antoine Duhamel. E quando Frances finalmente faz uma viagem de fim de semana para Paris, ela vagueia sem rumo ao som do hit funk anos 70 do Hot Chocolate, “Every 1’s a Winner”. A trilha sonora eclética do filme reflete a disparidade entre a vida atual de Frances e seus objetivos: o pop americano captura sua ambição difícil, enquanto a ‘cozinha’ francesa cinematográfica representa o estilo natural que ela aspira”.

9. “Help”, 1965

“Ridículo, forçado e às vezes ofensivo em sua forma de tratar a cultura oriental. Porém, a música está em outro patamar. ‘Help’ dá passos sutis em relação aos lançamentos anteriores dos Beatles e estica as dimensões de seu som, brincando com ecos, overdubbing e a separação do estereo. Distintamente moderno”.

6. Faça a Coisa Certa, 1989

“Ao lado de uma linda trilha sonora com jazz, conduzida e composta por Bill Lee, pai do diretor Spike, as baladas radiantes e as músicas de verão enérgicas evocam perfeitamente a vida da cidade no verão”.

2. Purple Rain, 1984

“O que realmente pode ser dito sobre um filme com “The Beautiful Ones”, “When Doves Cry” e “Purple Rain” na trilha? Se os 90 minutos de duração tivessem sido apenas Prince lavando a seco os seus lenços, ainda assim o filme seria uma obra-prima padrão. ‘Purple Rain’ é o cantor em seu auge, em sua forma mais audaciosa. É Prince em sua forma mais sensual, mais aberta e suplicante. É, então, por extensão lógica, uma das músicas populares e mais poderosas do século passado e uma das melhores que certamente obteremos”.

***

Para ter acesso ao ranking completo com comentários, clique aqui.

Comentários

Topo