Menu Papel POP
Charlie estava na banda desde 1963 (Reprodução)

Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, morre aos 80 anos

O baterista Charlie Watts, dos Rolling Stones, morreu na manhã desta terça-feira (24) em um hospital de Londres. A informação foi confirmada por um porta-voz do artista, Bernard Doherty, à BBC.

“Ele era um marido, pai e avô muito querido, além de um dos maiores bateristas de sua geração”, disse o comunicado, que também pediu privacidade em respeito à família, aos colegas de banda e aos amigos próximos do artista neste momento difícil.

Ao lado de Mick Jagger e Keith Richards, Watts era um dos membros mais antigos dos Rolling Stones, já que se tornou integrante um ano após a fundação, em 1962. Declaradamente apaixonado por jazz e R&B, ele se mostrou peça fundamental na garantia de harmonia e ritmo em alguns dos maiores clássicos do grupo.

Formado em artes gráficas, Charlie Watts foi diagnosticado com câncer em 2004 e a participação dele em espetáculos dos Stones ficou a cargo do amigo Steve Jordan, que também o substituiria na próxima leva de shows da banda.

Na última semana, tinha sido anunciado que Watss não participaria da nova turnê dos Rolling Stones pelos Estados Unidos para se recuperar de uma cirurgia. Apesar disso, o problema de saúde que o britânico enfrentava não foi divulgado.

Comentários

Topo