Menu Papel POP
Estúdios ainda não comentaram o caso (Foto: Divulgação)

Scarlett Johansson processa a Disney por quebra de contrato no lançamento de “Viúva Negra”

A atriz Scarlett Johansson entrou com um processo nesta quinta-feira (29) contra a Disney alegando que os estúdios violaram o contrato firmado pelas partes ao lançar, simultaneamente, no streaming e em salas de cinema convencionais o longa “Viúva Negra“.

A ação de quebra de contrato, de acordo com o Deadline, é movida no Tribunal Superior de Los Angeles. Em comunicado, o advogado que representa Johansson, John Berlinski, criticou a postura dos estúdios no que chamou de “estratégia míope”.

“Não é segredo que a Disney está lançando filmes como ‘Viúva Negra’ diretamente no Disney+ para aumentar o número de assinantes e, assim, aumentar o preço das ações da empresa – que está se escondendo atrás da Covid-19 como pretexto para agir desta forma. Ignorar os contratos dos artistas responsáveis pelo sucesso de seus filmes em prol dessa estratégia míope viola seus direitos e esperamos provar isso no tribunal. Certamente, este não será o último caso em que talentos de Hollywood enfrentarão a plataforma e deixarão claro que, independentemente do que a empresa possa fingir, existe uma obrigação legal de honrar seus contratos”.

No início deste mês de julho, o longa arrecadou US$ 80 milhões apenas no primeiro final de semana de estreia nos Estados Unidos, conquistando o recorde de maior bilheteria durante a pandemia. No mesmo período, já no streaming do Mickey Mouse, a obra acumulou outros US$ 60 milhões com ingressos vendidos à parte. Atualmente, com a venda de bilhetes em todo o mundo, o longa da heroína já soma mais de US$ 319 milhões.

A Disney foi procurada pela revista, mas até o momento não se pronunciou a respeito.

Comentários

Topo