Menu Papel POP
Federação Norueguesa de Handebol também manifestou apoio (Divulgação)

P!nk oferece ajuda a jogadoras de handebol multadas por não usarem biquíni em competição

Na semana passada, a equipe feminina de handebol de praia da Noruega se recusou a usar a parte de baixo do biquíni durante o Campeonato Europeu de Handebol de Praia 2021, algo que lhes rendeu uma multa de 1.500 euros.

A ação das atletas foi motivada por reconhecerem que tais itens do vestuário são “sexistas” e “inadequados”. A cantora P!nk se manifestou diante da questão ao apoiar a equipe, que não pode escolher as roupas para os jogos, enquanto as regras permitem que homens usem shorts na competição.

“Estou muito orgulhosa da seleção feminina norueguesa de handebol de praia por protestar contra as regras muito sexistas sobre seu ‘uniforme'”, disse a cantora em um tweet. “A federação europeia de handebol deveria ser multada por sexismo ”. Ela acrescentou que ficaria ‘feliz em pagar’ as multas da equipe.”

Em uma postagem no Instagram no domingo, a equipe norueguesa agradeceu a P!nk e escreveu: “Uau! Muito obrigado pelo apoio.”

A Federação Norueguesa de Handebol apoiou a escolha das jogadores e também afirmou que poderia cobrir as multas: “Estamos muito orgulhosos dessas meninas que durante o Campeonato Europeu levantaram a voz e anunciaram que já basta! Nós da NHF apoiamos vocês. Juntos, continuaremos a lutar para mudar as regras de vestuário, de modo que as jogadoras possam jogar com as roupas que lhes custam.”

Comentários

Topo