Menu Papel POP
Clipe da faixa-título estreia no próximo domingo (4), no Fantástico

Marisa Monte constrói déjà-vu de dias melhores em “Portas”, novo álbum

MAIS SOBRE:

Faça-se sol, abram-se as portas! Marisa Monte quebrou um hiato de dez anos sem materiais inéditos nesta quinta-feira (1º), data em que celebra 54 anos de vida, com a estreia de “Portas”.

Com diversas participações especiais, entre elas as de Arnaldo Antunes, Chico Brown, Seu Jorge e Marcelo Camelo, o sucessor de “O Que Você Quer Saber de Verdade” (2011) se apresenta como uma bem-vinda compilação de pontos altos da própria carreira, além de ser um sopro de esperança destinado aos corações isolados.

“Minha ideia inicial que era viajar e formar uma segunda banda, em Nova York, ficou impossível”, conta a artista, que em 2021 relançou em LP o disco “Verde Anil Amarelo Cor-de-Rosa e Carvão”. “Achamos que valia a pena experimentar uma gravação remota. Com co-produção do Arto Lindsay, que trouxe a sua banda, arriscamos gravar duas músicas, ‘Calma’ e ‘Portas’, eles num estúdio na rua 37 e nós no Rio via Zoom”.

Para a surpresa de todos, deu certo. “Isso nos abriu um novo universo de possibilidades e nos deu confiança de seguir com gravações remotas em outras cidades e com outras formações também. Seguimos então alternando gravações presenciais no Rio, (mais bases, complementos e os arranjos do maestro Arthur Verocai e do trombonista Antonio Neves) e com gravações remotas em Lisboa (arranjos do Marcelo Camelo) e Los Angeles (a voz da minha jovem parceira Flor).”

Destaques para “Praia Vermelha”, “Déjà Vu”, “Totalmente Seu” e a faixa-título. Ouça já nas plataformas de streaming clicando na foto abaixo. A ilustração da capa é da artista Marcela Cantuária.

Todas as faixas também ganharam videoclipes. Você pode acompanhar a playlist assistindo neste link.

Comentários

Topo