Menu Papel POP
Foto: Reprodução

Incêndio atinge depósito da Cinemateca Brasileira, em São Paulo

MAIS SOBRE:

Um incêndio atinge, desde as 18h desta quinta-feira (29), o depósito da Cinemateca Brasileira, localizada na Zona Oeste de São Paulo. Informações preliminares dão conta de que não existem vítimas.

O fogo ainda não foi controlado e o Corpo de Bombeiros, que enviou a princípio 50 profissionais para atender a ocorrência, ainda não soube informar quais áreas foram atingidas. Alvo de recorrentes denúncias de negligência e abandono nos últimos anos, o local abrigava filmes de 35 mm e 16 mm entre documentários, curtas e longas-metragens que registravam parte da história do audiovisual brasileiro.

O material, segundo especialistas, é considerado altamente inflamável.

Em entrevista à Rede Globo, Maria Dora Mourão, diretora executiva da Sociedade Amigos da Cinemateca, informou que o galpão em chamas era o único em atividade entre os espaços de propriedade da Cinemateca. Ela também classificou o acervo contido em seu interior como “relevante”.

Em 2020, fortes chuvas já tinham deixado o galpão alagado e parte do acervo danificada. Questionadas, as autoridades responsáveis não informaram quais filmes foram perdidos.

Quatro anos antes, em 2016, um outro incêndio destruiu um espaço também pertencente à Cinemateca, desta vez na Vila Mariana. Na ocasião, cerca de 500 obras sofreram danos permanentes.

Comentários

Topo