Menu Papel POP

Grandes perguntas que esperamos respostas em “Um Lugar Silencioso – Parte II”

“Um Lugar Silencioso” estreou em 2018 e, ao mesmo tempo que foi genial ao mostrar um mundo apocalíptico numa visão íntima e familiar, também nos deixou aflitos com várias perguntas sem respostas. “Um Lugar Silencioso – Parte II” finalmente chega aos cinemas no dia 22 de julho e parece prometer algumas respostas.

Já pelo trailer podemos ver que o filme promete mostrar como tudo começou. Também devemos descobrir como anda a sociedade depois de toda a catástrofe. Mas ainda há muitos outros mistérios! Por isso listamos aqui as principais perguntas sobre o universo “Um Lugar Silencioso”.

Como a família sobreviveu à cena final do primeiro filme?

Quem assistiu ao primeiro “Um Lugar Silencioso” sabe que o filme terminou com uma cena bem tensa em que uma horda de criaturas se aproximava da casa de Evelyn, Regan e Marcus. Evelyn (Emily Blunt) pega a arma e começam os créditos.

Sabemos que “Um Lugar Silencioso – Parte II” começa onde a primeira parte terminou. Será que veremos como eles saíram dessa? Porque se safar de um alienígena já foi bem complicado, imagina de vários?

Estamos curiosos para ver a fraqueza deles, descoberta por Regan, em ação!

Como será cuidar do bebê?

Ter um bebê no meio de todo esse apocalipse é muito mais complexo do que parece. É um ser que nasceu e crescerá na nova sociedade que se formou depois da invasão alienígena, com costumes muito mais delicados e de extrema atenção constante.

Logo no primeiro filme, Evelyn teve problemas com choro do bebê. Como será daqui para frente? É muito provável que a criança aprenda logo de cara a linguagem de sinais em vez da fala. Mas durante os primeiros anos, vai ser possível controlar choros e possíveis atitudes impulsivas que possam fazer barulho? Estamos atentos!

De onde os alienígenas vieram? Por que eles estão aqui?

Em entrevistas, John Krasinski já confirmou que as criaturas do filme são alienígenas que vieram de um planeta sem luz e por isso não enxergam e tem a audição aguçada. Eles acabaram vindo para a Terra porque o planeta deles foi destruído.

Mas a gente quer saber os detalhes! Sabemos que a segunda parte vai mostrar também o primeiro dia da invasão, mas será que a história também vai explorar a terra natal dos alienígenas? E outra… Eles se alimentavam do que antes de chegarem? Se existe vida fora da Terra no universo de “Um Lugar Silencioso”, por que vieram para cá?

Vamos torcer para conhecermos algum personagem pesquisador com respostas! Hahahaha.

Qual o estado da humanidade no planeta todo?

Em “Um Lugar Silencioso”, acompanhamos somente a visão da família protagonista e justamente um único dia que foi decisivo para todos. Vimos eles numa ocasião isolada de todos, mas agora a parte II nos mostra logo nos trailers que os quatro conhecerão novas pessoas e novos lugares.

Isso pode significar que saberemos como está a sociedade e o mundo todo depois do apocalipse. Quantos estão vivos? O quão grave foi a invasão alienígena numa escala global? Se expandirmos o cenário, talvez alguns países estejam apostando em armas militares, alguma região pode estar intacta… Será que foram só alguns aliens que caíram na Terra? Centenas? Milhares? Milhões? Tudo é possível!

Existe uma solução?

No final do primeiro filme, Regan descobre que a fraqueza das criaturas são fracas a fortes frequências de som. Com isso, temos vários possíveis cenários: ela vai espalhar essa novidade para todo mundo? Será que alguém além dela já sabe disso? É possível construir uma arma em cima dessa fraqueza?

Temos aí uma abertura para os humanos prevalecerem, talvez. Mas, como já vimos no trailer, nessa segunda parte até os próprios humanos são vilões também, indo uns contra os outros. Tudo pode acontecer.

Você tem suas teorias? Deixe aqui nos comentários! “Um Lugar Silencioso – Parte II” estreia nos cinemas no dia 22 de julho

Comentários

Topo