Menu Papel POP
Foto por: Bella Howard

“Eu literalmente escrevi todas as músicas entre consultas!”, conta Anne-Marie ao Papel Pop sobre seu novo disco “Therapy”

MAIS SOBRE:

Saiu! “Therapy”, o novo e segundo álbum de estúdio da britânica Anne-Marie, já está entre nós e ai que sabor! Tivemos a oportunidade de conversar com a cantora sobre seu novo projeto e foi com muito alto astral e bom humor que ela compartilhou tudo sobre o disco que conta com algumas faixas já liberadas antes do lançamento, como “Our Song” com a participação do ex-membro do One Direction Niall Horan, e o emocionante single “Beautiful”. Cheio de colaborações e faixas com melodias características da artista, “Therapy” não decepciona com o pop que conta com aquele toque de eletrônico de qualidade e mainstream que Anne-Marie sempre fez – e segue fazendo – muito bem!

O destaque do disco vai para a faixa “Kiss My (Uh Oh)” com do – agora trioLittle Mix, uma colaboração extremamente aguardada pelos fãs: “Sempre queríamos trabalhar em uma música juntas, mas nunca dava certo! Não achávamos uma faixa que fosse tudo o que sonhávamos para uma colaboração juntas, até que, depois de anos, eu criei a “Kiss My (Uh Oh)” e assim que ficou pronta eu sabia que precisava delas cantando comigo! Mandei uma DM para a Leigh Anne que me respondeu em minutos dizendo que todas amaram e topavam o featuring!”, contou Anne ao Papel Pop. Só temos uma coisa a dizer: obrigada pela oportunidade, meninas! É com um sample da faixa “Never Leave You (Uh Oh Uh Oh)” de 2003 da rapper americana Lumidee – e que vai soar familiar para quem assistiu ao filme “Confissões de Uma Adolescente Em Crise” com a Lindsay Lohan –, que “Kiss My (Uh Oh)” toma forma e nos encanta com muita atitude e nostalgia! E o clipe então?! Confira:

“Foi divertido demais gravar o clipe com elas! “Bridesmaids” é um dos meus filmes favoritos e a companhia das meninas foi maravilhosa. O fato de sermos mulheres compartilhando uma música é tão poderoso!”. Será que elas foram numa churrascaria brasileira? Entendedores que assistiram ao filme de 2011, estrelado por Kristen Wiig e Maya Rudolph, entenderão.

Se eu contar para vocês que o álbum quase não foi essa surra de pop, vocês acreditariam? “Eu estava bem perdida sobre o que eu queria do meu segundo projeto! Eu pensei em arriscar em um estilo musical completamente diferente, trabalhar com pessoas diferentes, mas aí lembrei que no final do dia o que eu realmente amo fazer é pop! É quem eu sou! Eu joguei fora um álbum quase completo de 2019 e refiz tudo no estilo pop que eu gosto no ano passado! Apenas duas músicas sobreviveram: “Who I Am” e “Tell Your Girlfriend”, contou a Anne sobre o desenvolvimento do disco. E por que o disco chama “Therapy”? Com a pandemia, a cantora começou a fazer sessões de terapia e admite: “Eu literalmente escrevia todas as músicas entre consultas [risos]!”. Ah, e vale dizer que das 11 faixas do álbum, Anne só não levou os créditos da autoria da composição de apenas uma faixa. Isso é que é talento, hein?

Outra coisa que a pandemia afetou no desenvolvimento do disco? “As pessoas não tinham desculpa para dizer que não quando as chamava para colaborações!”, brincou a cantora que divide mais 3 faixas do seu disco com outros artistas: KSI, Digital Farm Animals, Nathan Dawe, Mostack e Rudimental. A parte mais surpreendente dessas colaborações está no equilíbrio do estilo dos artistas envolvidos – cada música poderia facilmente estar no disco de qualquer um deles: “Houve muito respeito na hora de colaborar nas faixas desse álbum. Our Song com o Niall, por exemplo, criamos a faixa do zero! Fizemos tudo juntos e com uma troca honesta para quem somos como músicos.”

Anne-Marie celebrará o lançamento de “Therapy” apresentando um show global que será transmitido ao vivo em 7 de agosto. Acompanhada pela sua banda completa e com produção visual deslumbrante, a transmissão terá Anne tocando ao vivo o novo álbum na íntegra pela primeira vez com impressionante resolução 4K e som Dolby Atmos através da plataforma de streaming de última geração ON AIR: “A melhor parte é que qualquer um, de qualquer lugar do mundo pode participar! Será o meu maior show até agora porque não existe o conceito de fronteiras! E está tudo tão lindo para a apresentação… Estou muito animada!”. Aos interessados, os ingressos estão disponíveis para comprar aqui: http://annemarie.onair.events/. “Therapy – The Live Experience” começará às 19h no sábado, 7 de agosto.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by ANNE-MARIE (@annemarie)

O segundo disco de Anne-Marie, queridinha e dona das paradas do pop britânico, se sustenta no gênero e não deixa a desejar. Entre faixas dançantes e que brincam com melodias eletrônicas, Anne também utiliza o espaço para explorar um lado ainda mais pessoal que lida com assuntos como identidade, propósito e desgosto, que, de acordo com ela, facilitaram todo o processo da composição das letras que também simbolizam um processo de cura, de acordo com Anne.

Quando pedimos para que a Anne-Marie descrevesse “Therapy” em 3 palavras a cantora estranhou e perguntou “Pera, o disco ou as minhas sessões de terapia mesmo?”, depois de uma boa risada das duas partes: “Puro. Honesto. Uma jornada.”, respondeu Anne.

Escute Therapy nas plataformas:
Spotify | Deezer | Apple Music

Comentários

Topo