Menu Papel POP

De “The Office” a “Um Lugar Silencioso”: um especial sobre John Krasinski

Acompanhamos a carreira de John Krasinski há um bom tempo. A gente até sente uma certa proximidade com o ator, que tem se tornado nos últimos anos um dos nomes mais versáteis da dramaturgia. Dizemos isso porque além de ter no currículo produções icônicas como a série de comédia “The Office”, que ficou no ar por mais de uma década, Krasinski também exibiu seu talento para atuar e dirigir produções de drama e suspense.

Um Lugar Silencioso – Parte II” finalmente chega aos cinemas no próximo dia 22 de julho. Contando ainda com Emily Blunt, Millicent Simmonds e Noah Jupe, o longa dá seguimento aos acontecimentos macabros de um mundo pós-apocalíptico, invadido por seres de outros planetas. Da mesma forma, a protagonista e seus três filhos precisam seguir a antiga regra do silêncio absoluto, isto é, se quiserem continuar vivos diante de um estado permanente de ameaça.

Pois este é justamente um dos pontos altos da carreira de John Krasinski, que além de atuar na trama como Lee Abbott, pai de Regan e Marcus, bem como marido de Evelyn, assume o posto de diretor. São mais de duas décadas de carreira e muitas, muitas produções elogiadas. Você se lembra quais foram as principais? As mais divertidas? As mais assustadoras? Pra refrescar a sua memória, decidimos fazer um especial com os trabalhos mais expressivos do ator e cineasta. Vem com a gente!  

The Office (2005 – 2013)

A trajetória de John Krasinski teve início oficialmente no ano 2000 com o lançamento de “State and Main”, filme de comédia estrelado ainda por nomes como Sarah Jessica Parker, Alec Baldwin e Patti LuPone. De lá pra cá, muita coisa mudou e ele ainda participou de trabalhos como “Taxi”, “Kinsey” e “Alma Master”. Porém, contudo, todavia, seu primeiro trabalho de grande sucesso foi a série “The Office“.

Lançada em março de 2005 pela NBC, a comédia girava em torno do dia a dia de um escritório e já começava sendo genial pelo fato de que era filmada com uma única câmera, bem como se vê uma peça de teatro. A escolha fugia aos padrões das sitcoms tradicionais e tornava o exercício de observação do espectador muito mais interessante. Nessa história, Krasinski interpreta Jim Halpert, um dos vendedores da Dunder Mifflin e affair da recepcionista Pam.

“The Office” ficou no ar por oito anos sendo um sucesso absoluto de audiência! Relembre o trailer da primeira temporada:

Licença Para Casar (2007)

Em 2007, dois anos depois, o ator deu vida a Ben Murphy em mais uma comédia romântica, “Licença Para Casar“. Com direção de Ken Kwapis, o filme conta a história de um casal que deseja subir ao altar, mas se vê diante de uma série de burocracias, entre elas um curso chatíssimoooo de preparação de noivos. Esta é uma das principais regras da Igreja da família da moça. Sem isso, sem cônjuge.

O Amor Não Tem Regras (2008)

Reforçando de uma vez por todas que sua praia era trabalhar em produções românticas (ao menos no início da carreira), Krasinski apareceu novamente em 2008 em “O Amor Não Tem Regras”. Com roteiro escrito ainda nos anos 1990, o filme foi lançado uma década depois e teve como protagonista George Clooney. A história é bem simples: nos anos 1920, o capitão de futebol americano Dodge Connelly sonha em ser campeão com seu time. 

Após perder o suado patrocínio, ele pede ajuda a Carther Rutherford, um jogador recém chegado da guerra, pra ajudá-lo na missão. Nesse meio tempo, ele acaba se apaixonando por Lixie Littleton, personagem de Renée Zellweger. 

O Noivo da Minha Melhor Amiga (2011)

Mais uma história doce pra conta! Em “O Noivo da Minha Melhor Amiga” Ginnifer Goodwin, Kate Hudson, Colin Egglesfield e o próprio John Krasinski se unem pra contar a história de Rachel, uma advogada que bebe demais na comemoração de seus 30 anos e acaba transando com o noivo de sua melhor amiga, Darcy. O boy, chamado Dex, foi seu colega de faculdade, o que torna as coisas ainda mais difíceis…

Depois dessa noite complicada, ela passa a conviver com o sentimento que sente por ele, acompanhado por uma forte culpa. Além de tudo, a moça ainda precisa tomar conta dos preparativos do casório em que será MADRINHA! Já sabemos que o cardápio da festa teve torta de climão! 

O Grande Milagre (2012)

E vamos de drama ecológico! Em 2012 John Krasinski foi um dos protagonistas de “O Grande Milagre”, filme baseado no livro “Freeing The Whales”, de Tom Rose. Na obra é relatada a operação Breakthrough, que consistiu em um esforço mundial que visava um resgate de três baleias cinzentas presas no gelo, perto do ponto de Barrow, no Alasca. A ação foi liderada por um repórter e uma ativista do grupo Greenpeace.

John interpreta o jornalista Adam Carlson, que ao lado de Rachel Kramer, interpretada por Drew Barrymore, faz a coisa funcionar. 

Terra Prometida (2012)

Em “Terra Prometida”, filme lançado em 2012, uma empresa de gás envia um executivo e sua ajudante a um povoado de agricultores e ganadeiros a fim de que estes convençam os moradores a oferecer seu terreno para a perfuração de poços de petróleo. O panorama é de crise absoluta e muitos deles precisam de dinheiro pra sobreviver após uma grande depressão econômica…

O que ninguém esperava era que um ecologista e seu vizinho idoso fossem se posicionar contrariamente às intervenções, enfrentando-os de forma destemida. No meio disso, bate no personagem principal um outro tipo de crise, desta vez existencial. É drama, do jeito que a gente ama!

Família Hollar (2016)

Nesta produção, John Hollar, o personagem de Krasinski, retorna a sua cidade natal e precisa lidar com alguns dilemas, entre eles a gravidez de Rebecca, sua namorada interpretada por Anna Kendrick, e a doença de sua mãe, a atriz Margo Martindale. Não bastasse isso, ele também se vê perturbado com a formação de um triângulo amoroso a partir de novos contatos que passa a manter com Gwen, uma paixão avassaladora do passado.

Uma boa trama pra gente se prender num domingo e pensar na complexidade das relações pessoais.

13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi (2016)

Baseada em fatos reais, a história está centrada em um grupo de seis soldados privados deslocados para a Líbia em 2012 sob ordens do complexo da CIA em Benghazi. Em um 11 de setembro, data em que os atentados das torres do World Trade Center fazem aniversário, eles vão precisar enfrentar um novo desafio: defender um posto diplomático que, durante a visita de um embaixador americano, é alvo de uma novo ataque terrorista.

John é um dos protagonistas e compartilha a tela com nomes como James Badge Dale, Max Martini, Toby Stephens e Pablo Schreiber. É de arrepiar!

Jack Ryan (2018)

A carreira de John Krasinski também teve pontos altos no que diz respeito à produção de séries. Em 2018, por exemplo, o ator estreou “Jack Ryan”, mais um trabalho em que se divide entre a função de ator e diretor. Nesta produção, ele dá vida a a um agente enviado para Moscou onde trabalhará como consultor financeiro de um bilionário. Ele precisa estar atentíssimo, afinal o empregador é na verdade um golpista que arma um atentado terrorista para que o mesmo seja considerado culpado. O personagem precisa então, além de solucionar o problema e limpar sua barra, partir em busca da esposa, pega como refém.

Em sua segunda temporada, a série mostra Jack vindo para a América do Sul investigar um carregamento suspeito na selva da Venezuela. Após fazer ameaças sobre revelar uma grande conspiração, o presidente da Venezuela contra-ataca e o herói precisa mover uma verdadeira coalizão internacional para restabelecer a paz no país.

Um Lugar Silencioso (2018)

Foi ainda em 2018 que John se consagrou como um astro do suspense! Ao lançar “Um Lugar Silencioso”, ele mostrou de uma vez por todas que é um artista versátil e que consegue se dar bem em qualquer gênero que resolva se aventurar. A obra recebeu elogios do público e da crítica, alcançando 95% de aprovação no Rotten Tomatoes. Foram vários prêmios e resenhas positivas por parte de publicações famosas internacionalmente como o The Guardian, o New York Times e o The Hollywood Reporter.

Agora, em 2020, um novo capítulo!

Com tantos trabalhos primorosos e experiências incríveis nas telas, nós mal podemos esperar pra esse novo lançamento do ator. Desta vez, John Krasinski e Emily Blunt, que são casados na vida real, prometem novas aventuras e muitos sustos nas telas do cinema com a segunda parte dessa história. Está ainda mais assustador e super, super sinistro. Vai ser uma barra sobreviver… será que vão conseguir?

Marque na agenda: “Um Lugar Silencioso – Parte II” estreia nos cinemas em 22 de julho. A pré-venda de ingressos já está disponível.

Comentários

Topo