Menu Papel POP
Filme também está concorrendo ao Oscar de Melhor Direção (Reprodução | Divulgação)

Emocionado, diretor de “Druk” dedica Oscar de Melhor Filme Internacional à filha que faleceu

Representante a Dinamarca, “Druk – Mais uma Rodada” venceu o prêmio de Melhor Filme Internacional no Oscar 2021.

Entre agradecimentos ao elenco, colegas de produção e profissionais envolvidos com o longa, o cineasta Thomas Vinterberg citou a precoce morte da filha, Ida, que aconteceu dias antes do início das filmagens. Dedicou a estatueta de ouro para ela, que havia lido o roteiro e também participaria do projeto.

“Dois meses antes de a minha filha morrer, ela estava na África e ela leu o roteiro. Estava animada e amou a história. Ela iria participar do filme”, disse. “Se alguém duvidar de que ela está conosco, vocês vão conseguir vê-la comemorar aqui com a gente. Fizemos este filme para Ida. [A vitória] Foi um milagre que acabou de acontecer, talvez você tenha interferido de alguma forma. Isso é pra você”.

No longa, para alegrar um amigo em crise, um grupo de professores decide testar a ousada teoria de que serão mais felizes e bem sucedidos vivendo com um pouco de álcool no sangue. O projeto protagonizado pelo icônico Mads Mikkelse também concorre ao prêmio de Melhor Direção.

Ainda não assistiu? Confira o trailer abaixo:

Comentários

Topo