Menu Papel POP

Os remixes oficiais de “Like a Prayer”, da Madonna, já estão entre nós

Quando Madonna escreveu “Like a Prayer“, em meados de 1988, ela talvez não fizesse ideia de que estava diante de uma das maiores canções do repertório. Na tentativa de criar uma faixa mais madura, que contemplasse não apenas seu público mais fiel, como também novos fãs, a artista deu vida a uma canção com aura gospel e referências funk.

Cheia de duplos sentidos e palavras atreladas ao universo religioso, a letra surge como a fórmula perfeita para abrir uma jornada que expurgava traumas familiares e devocionais, bem como o término de seu casamento com o ator Sean Penn.

Escrito em parceria com Patrick Leonard, esse fragmento do álbum descrito pela revista Rolling Stone como “o mais próximo do céu que o pop pode chegar”, ganhou nesta sexta-feira (5), exatos 32 anos após sua estreia, um relançamento oficial no streaming. É a chegada de um maxi-single digital com versões a princípio exclusivas do vinil.

São 9 roupagens diferentes, entre elas o remix contido no LP 7 polegadas – o mesmo apresentado no show “Blond Ambition” (1990). Há também, no meio dessa jornada, “Act of Contriction”, uma espécie de oração lançada como B-side. Se você ouvir com atenção, vai perceber que a base nada mais é do que a própria “Like a Prayer” rebobinada.

Ouça e descubra qual é a sua favorita.

Spotify | Deezer | Apple Music

Comentários

Topo