Menu Papel POP

Lali e Fito Páez recriam rua e cotidiano invisível em “Gente en la Calle”, novo clipe

O disco “La Conquista del Espacio”, mais recente trabalho do cantor e compositor argentino Fito Páez, segue rendendo frutos. Nesta sexta-feira (5) chegou ao streaming o clipe da faixa “Gente en la Calle”, sua colaboração com a atriz, também cantora e conterrânea Lali Esposito.

Nas imagens, gravadas nos últimos dias de 2020, os artistas tentam recriar em estúdio o frenesi de semáfotos, ruídos e cheiros que fazem uma cidade como Buenos Aires ser frenética e apaixonante na mesma frequência. No entanto, basta um pouco mais de atenção para perceber que o intuito é fazer o ouvinte pensar.

Ao abrir os olhos e ver que há por trás das luzes, surgem marcas profundas da desigualdade – aqui posta em evidência pela presença de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Muitos deles, transeuntes que vivem com fome e sem um lar, lutando dia trás dia com dores, dramas e desejos próprios. Quem são eles, afinal? Fito e Lali te convidam a refletir.

“É romântico estar com Fito cantando essa música e o que ele diz não é um detalhe”, diz Lali, que se prepara para a estreia da série “Sky Rojo”. “O tema [da vulnerabilidade social] afeta a geração de Fito, a minha e também a geração mais jovem: como ficamos cegos com as pessoas que estão nas ruas. Fazer uma música com o Fito, com essa vibe, tipo um abraço para as pessoas que estão na rua, para mim é uma honra”.

O encontro também simboliza um elo entre o clássico e o que há de mais fresco, visto que o artista é uma das maiores estrelas do pop-rock argentino. Com o lançamento do disco “El Amor Después Del Amor” (1992), ele se converteu no cantor que mais vendeu álbuns em solo nacional. Recentemente, Páez anunciou que prepara uma série em parceria com a Netflix pra contar bastidores do projeto.

Comentários

Topo