Menu Papel POP

[Entrevista] Bruno Martini conta tudo sobre seu primeiro álbum, parceria com Timbaland e convite da Gaga para remix de “911”

Dono da música brasileira mais tocada no Spotify com “Hear Me Now” ao lado de Zeeba e Alok? Produziu músicas em parceria com o Timbaland? Autor de um dos remixes oficiais de “911”, da Gaga? Esse é o Bruno Martini, que está lançando hoje o seu primeiro álbum, “Original”, desde que migrou para uma carreira solo, em 2017. “Esse disco é uma mistura de quem eu sou. São as minhas influências, o que eu gosto de ouvir e o que me tornou o que eu sou hoje como artista! Não é um disco muito eletrônico, é algo mais eclético que mistura vários estilos musicais, mas que no final do dia eu acredito que seja mais próximo do pop!”, contou Bruno ao Papel Pop sobre o processo de desenvolvimento do projeto.

 

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Bruno Martini (@brunomartinimusic)

De lá para cá, lançou diversos singles, parcerias com Lady Gaga, Jason Derulo, Dennis DJ, Vitor Kley, entre outros, mas um que Bruno fez questão de compartilhar mais sobre foi com o gênio produtor americano Timbaland: “Recebi um convite do Timbaland pra gravar uma música com ele e sabe aquele artista que te inspira desde pequeno? O Timbaland sempre foi essa pessoa pra mim! O plano era gravarmos por 2 dias em Los Angeles, mas nos demos tão bem que ficamos 10 dias no estúdio [risos]! Terminamos de produzir e eu estava na casa dele tomando vinho, pra você ter uma ideia! O cara é foda…”. Timbaland assina a parceria de três faixas no disco – sendo que duas contam com a presença da IZA, tá bom pra vocês? 

 

Algo notável no álbum não é só a variedade de sonoridade que o disco explora mais também os featurings que formam o álbum (alguns outros nomes são Luiza Sonza, Zeeba, Becky Hill, entre outros), então Bruno aproveitou a entrevista para manifestar suas novas colaborações dos sonhos, são elas: Drake, The Weeknd, Pharrell Williams, David Guetta, entre vários outros! Será que um networking dedicado resultaria em alguma parceria dessas já que o portfólio de Bruno já é tão diversificado e relevante? “Não sou de ficar mandando DM para outros artistas com muita frequência para ser honesto, mas fiz isso com a Luiza Sonza! Mandei a faixa perguntando se ela gostava e ela ouviu e disse que topava participar por DM mesmo [risos]! Tem que correr atrás, né? Nessa indústria, se eu não correr atrás do que eu quero ninguém vai fazer isso por mim!”, respondeu Bruno. 

Falando em Luiza, ver o clipe lindo da faixa “Ain’t Worried” em que ela participa junto com Diarra Sylla:

 

O produtor também já viajou o mundo tocando, passando por importantes festivais, como o Tomorrowland, EDC Las Vegas e México, Rock in Rio e, agora em pandemia, ele conta que maratonar a série The Walking Dead fez com que ele enxergasse o começo das coisas com um pouco mais de desespero que os outros! “Eu fiz estoque de água antes de todo mundo, porque terminei a maratona bem no começo de março do ano passado [risos]! Não vejo a hora de voltar pros palcos, por mais que um descanso no começo da pandemia me fez muito bem.”.

 

Lançar o seu primeiro álbum no meio de uma pandemia e crise global, não foi a única surpresa que o produtor contou ter passado durante os últimos meses! Um email da equipe da Lady Gaga o convidando para fazer um remix da faixa “911” foi tão inesperado e “bom demais para ser verdade” que o DJ diz ter achado ser mentira quando viu: “Lady Gaga é uma daquelas artistas que fez parte da minha juventude, o talento dela é unânime! O que ela faz com a arte dela é absurdo e poder ter o meu nome reconhecido por uma gigante da música como ela, foi algo que eu não consegui acreditar! Achei que era mentira quando recebi o email!”. Não pudemos deixar de pedir uma review do Bruno sobre o Chromatica e se 911 é a sua faixa favorita do álbum: “É engraçado porque eu ouvi ‘911’ pela primeira vez e sabia o que podia fazer de diferente na música para deixá-la mais diferente, mais dançante! Quando pediram para eu fazer o remix, eu já tinha algo em mente e foi doido demais poder compartilhar a minha versão com o mundo!”. Aliás, o remix de “911” do Bruno é o mais reproduzido da faixa das cinco outras versões lançadas! Que orgulho! 

 

O artista brasileiro faz muito uso de referências internacionais e da língua inglesa na maioria dos seus projetos, o álbum “Original” prova isso já que todas as faixas são em inglês. “Gosto de fazer o que faz sentido pra mim como músico e como pessoa. Fazer o meu primeiro disco todo em inglês foi uma das minhas escolhas sensatas nesse processo e sabe, o Brasil é a minha casa, mas comercialmente falando é mais fácil divulgar o trabalho se ele estiver em uma língua mais conhecida e acessível como o inglês. Mas mais projetos em português serão lançados, com certeza.”, contou Bruno quando questionado sobre como ele faz a sua brasilidade presente em suas músicas.

 

Para finalizar a nossa conversa, Bruno que extremamente ansioso e animado para o lançamento do disco que aconteceria em algumas horas depois da entrevista, escolheu três palavras para descrever o disco: “Original, pessoal e amor. Essas três coisas foram essenciais para o álbum existir e sempre serão para outros projetos meus.”

 

***

Ouça “Original” nas plataformas:

Spotify | Deezer | Apple Music

 

Por: Rafaela Sehn

Comentários

Topo