Menu Papel POP
Photo by: Elastic People CNCO

Uma conversa com a boyband CNCO sobre novo álbum, admiração pelo Ricki Martin e saudades do Brasil

MAIS SOBRE:

Nada como uma boa conversa com a boyband latina CNCO, não é mesmo? Conhecidos por hits como “Hey DJ” e “Reggaeton Lento (Bailemos)”, que até ganhou uma nova versão com Little Mix em 2018, o grupo formado pelos jovens Zabdiel, Erick, Richard, Christopher e Joel, teve seu início em 2015 com o programa de competição “La Banda”, criado por Simon Cowell e com produção executiva de Ricki Martin e agora, seis anos depois, os meninos estão lançando o seu quarto álbum de estúdio: Déjà Vu.

Vem ouvir o single “Tan Enamorados” com a gente, ó:

O conceito do álbum é simples: são reinterpretações de músicas latinas antigas no estilo CNCO. “Tivemos essa ideia depois de ficarmos com as nossas famílias durante a pandemia e revisitando músicas antigas com eles!”, contou Erick. Algumas das faixas do álbum são: “Hero” de Enrique Iglesias e “Tan Enamorados” de Ricardo Montaner. Quando perguntamos se haviam outras músicas que eles gostariam de ter no álbum mas que não estão, Richard riu e admitiu: “Têm várias! Mas não podíamos colocar no álbum por causa de todo o esquema de direitos com as outras gravadoras.”

Uma das faixas do álbum mais queridas pelos meninos é a reinterpretação de “El Amor de Mi Vida”, originalmente cantada por ninguém menos do que Ricki Martin. “Ele é o cara! O Ricki sempre nos apoiou tanto! Mostramos a nossa versão da música pra ele e ele ficou muito contente com o resultado. Somos muito gratos de ter o Ricki nas nossas vidas.”, contou Joel. Ouvir Ricki Martin durante a pandemia e poder fazer um disco usando uma de suas músicas? Nada mal, CNCO! Aliás a pandemia está sendo sinônimo de trabalho para os meninos que disseram ter descansado um pouco no começo, mas que voltaram ao trabalho logo depois por causa de várias ideias – uma delas sendo o novo álbum, claro.

CNCO, da esquerda, Richard Camacho, Zabdiel De Jesús, Erick Brian Colón, Joel Pimentel e Christopher Vélez.

Outra coisa que a pandemia tirou de nós foi mais uma vinda dos meninos ao Brasil, já que as datas para a turnê estavam confirmadas para o final de 2020. “É triste, mas estamos prontos para voltar assim que tudo ficar bem de novo!”, desabafou Christopher. Aproveitamos então para questioná-los sobre o que sentem mais falta do país que já visitaram anteriormente em 2019: “A comida era muito boa! Tipo, muito boa! E acho que nunca vamos nos esquecer da energia dos fãs. Tinha gente nos esperando no aeroporto com cartazes! Foi muito legal!”, lembrou Zabdiel.

Cartolinas e fãs empolgados não é o que vai faltar para quando CNCO voltar ao Brasil! Ainda mais se for para curtir as músicas do álbum novo ao vivo! “Podemos descrever esse disco como memorável, nostálgico e excelente!”, concluiu Joel. Fica a dica, gente!

 

***

Ouça “Déjà Vu” nas plataformas:

Spotify | Deezer | Apple Music

 

Por: Rafaela Sehn

Comentários

Topo