Menu Papel POP
Personagem apareceu pela primeira vez em "Capitã Marvel" (Divulgação)

Teyonah Parris, de “WandaVision”, fala sobre a importância de sua personagem para a comunidade negra

[O CONTEÚDO ABAIXO CONTÉM SPOILERS]

Não é segredo para ninguém que “Wandavision” já é um dos maiores sucessos da TV em 2021. Um dos destaques da série é Teyonah Parris, intérprete de Monica Rambeau.

Na manhã desta quinta-feira (18), o portal Variety publicou uma entrevista com a artista, na qual ela comenta sobre a primeira produção episódica da Marvel Studios, representatividade e o sucesso do programa.

Durante a conversa, Teyonah afirma ter conversado com o Matt Shakman, diretor da série, sobre a inclusão da sua personagem em relação ao período histórico da comédia norte-americana abordado nos primeiros episódios:

“Tentamos encontrar o equilíbrio entre o que sabemos ser verdade – na história das comédias americanas esses personagens negros foram deixados de lado ou empurrados para trás – e o que também é real neste mundo (fictício).

 

Há um aspecto disso que tive que me virar para ser fiel ao período de tempo. Mas o que eu amo é que conseguimos ver a evolução de onde as mulheres negras têm vivido nesses espaços. 

 

Assim que ela vai desse lugar marginalizado para os dias modernos, Monica assume o comando e tenta conduzir essa investigação de uma forma empática, com compaixão e compreensão, percebendo que Wanda está de luto. Isso acontece enquanto a própria personagem lida com a dor por ter perdido sua mãe.”

 

Questionada sobre o futuro de sua personagem, que se torna uma super-heroína nos quadrinhos, ela comenta sobre a importância que essa possibilidade traz, uma vez que existe uma ausência de mulheres negras nestes papéis.

“Não é segredo para nenhum de nós que não é sempre que vemos negros interpretando super-heróis, mas particularmente as mulheres negras. Eu diria que houve uma quantidade desproporcional de homens para mulheres, e isso está em tudo na vida, se formos honestos.

 

Então, ser uma super-heroína negra é realmente emocionante para mim porque, especialmente neste contexto, estar em um programa onde você está na casa das pessoas, dá a oportunidade de verem essa mulher negra e sentir empatia por ela. Eles começam a se envolver com sua humanidade. E eu acho que isso é tão importante para jovens negros (ver pessoas que se parecem com eles em programas assim)...”

A atriz já foi confirmada em “Capitã Marvel 2“, em que será possível ver o crescimento de sua personagem e finalmente sua interação com a heroína-título, que foi uma das melhores amigas da mãe de Monica. No primeiro filme, passado nos anos 1990, a personagem era apenas uma criança.

Entrando na reta final, “WandaVision” ainda tem mais três episódios pela frente. Hoje foi divulgado um novo teaser da série, você viu? A produção vai ao ar em toda sexta-feira, no Disney+.

Comentários

Topo