Menu Papel POP
Série está disponível no Globoplay para não assinantes por tempo limitado (Divulgação)

Você viu? Série brasileira “Os Últimos Dias de Gilda” é selecionada para o Festival de Berlim

Na última terça-feira (26), o Brasil deu mais um passo internacional na história de sua produção audiovisual. A obra “Os Últimos Dias de Gilda” é a primeira série nacional a ser selecionada para participar da Berlinale Series, mostra do Festival de Berlim.

Criada pelo Canal Brasil e dirigida por Gustavo Pizzi, que fez “Benzinho”, a narrativa tem como protagonista as atrizes Karine Teles e Julia Stockler e toca em temas atuais, propondo reflexão sobre questões ligadas à liberdade feminina, auto aceitação e conservadorismo. O projeto é uma adaptação do monólogo teatral homônimo de Rodrigo de Roure.

No roteiro, Gilda, uma mulher livre e desimpedida, vê sua sua independência e desapego provocarem incômodo em pessoas do próprio círculo social, o estopim perfeito para uma série de conflitos.

Em celebração a indicação, o Globoplay abriu o acesso dos quatro episódios de 25 minutos para não assinantes até 2 de fevereiro. O Canal Brasil fará uma maratona dos capítulos nesta sexta-feira (29), a partir das 23h15.

Comentários

Topo