Menu Papel POP
Spike Lee venceu três prêmios com "Destacamento Blood" (Reprodução)

Spike Lee se torna segundo cineasta negro a vencer troféu da National Board of Review

Em vitória histórica, Spike Lee acaba de se tornar o segundo cineasta negro a vencer a categoria de Melhor Diretor no National Board of Review, organização de críticos de cinema fundada em 1909, em Nova Iorque. A vitória foi conferida por seu mais recente filme “Destacamento Blood“.

Também nesta terça-feira (26) foi divulgada a lista dos ganhadores do prêmio anual da associação de críticos de cinema, ocasião em que Lee venceu ainda os troféus de Melhor Filme e Melhor Elenco pelo mesmo longa, fruto de uma parceria com a Netflix. Durante a cerimônia, o saudoso Chadwick Boseman também foi homenageado.

A novidade é histórica visto que, em 2016, Berry Jenkins se tornou o primeiro diretor negro a vencer a mesma categoria no evento. À época, ele colhia os frutos do premiado “Moonlight“, que veio a receber ainda a estatueta de “Melhor Filme” no Oscar daquele mesmo ano.

Nas últimas décadas, o vencedor de Melhor Filme no ranking da organização recebeu a mesma indicação na disputa pela estatueta de ouro. Tá aí uma possibilidade legal de spoiler… Portanto, é bom ficar de olho e conhecer a lista completa com os melhores do ano!

Se liga!

Melhor Filme : “Destacamento Blood” (Netflix)
Melhor Diretor : Spike Lee, “Destacamento Blood” (Netflix)
Melhor Ator : Riz Ahmed, “Sound of Metal” (Amazon Studios)
Melhor Atriz : Carey Mulligan, “Promising Young Woman” (Focus Features)
Melhor Ator Coadjuvante : Paul Raci,“ Sound of Metal ”(Amazon Studios)
Melhor Atriz Coadjuvante : Youn Yuh-jung,“ Minari ”(A24)
Melhor Roteiro Adaptado : Paul Greengrass, Luke Davies,“ News of the World ”(Universal Pictures)
Melhor Roteiro Original : Lee Isaac Chung,“ Minari ”(A24)
Performance Revelação : Sidney Flanigan,“ Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre” (Recursos de Foco)
Melhor Estreia na Direção: Channing Godfrey Peoples, “Miss Juneteenth” (Vertical Entertainment)
Melhor Animação : “Soul” (Pixar)
Melhor Filme Estrangeiro : “La Llorona” (Guatemala)
Melhor Documentário : “Time” (Amazon Studios)
NBR Icon Award : Chadwick Boseman
Prêmio NBR Freedom of Expression : “Uma Noite em Miami”
Prêmio NBR Spotlight : Radha Blank por escrever, dirigir, produzir e estrelar “The Forty-Year-Old Version” (Netflix)
Melhor Elenco : “Destacamento Blood” (Netflix )

Comentários

Topo