Menu Papel POP
Vazamento na internet provocou transtornos (Foto: Divulgação/Reprodução)

Nicki Minaj é condenada a pagar US$ 450 mil por uso não autorizado de sample de Tracy Chapman

O uso indevido um sample da faixa “Baby Can I Hold You”, de Tracy Chapman, custou a Nicki Minaj uma multa de US$ 450 mil (aproximadamente R$ 2,5 milhões). A informação é da Variety.

Em nota publicada hoje (8), a revista disse que a Corte norte-americana recebeu dos advogados da rapper no último dia 17 de dezembro um comunicado em que a mesma afirma arcar com todas as despesas referentes ao processo e  multa.

A disputa, segundo fontes, começou em 2018. Na ocasião, a faixa “Sorry” traria um extrato da canção de Chapman, lançada originalmente em 1988. Acabou ficando de fora da masterização após a autora ter se recusado a oferecer a liberação para uso.

Sem questionar, Minaj preferiu cancelar os planos – o que não impediu um vazamento. Acusado de ser o responsável, o DJ Funkmaster Flex disse depois em depoimento que a própria cantora teria sido a autora da ordem de compartilhamento. A tese, entretanto, não chegou a ser comprovada.

Os advogados de Chapman argumentaram junto à juíza Virginia Phillips que o fato de a faixa nunca ter tido um lançamento oficial era ínfimo para acusações, embora o grande alcance da canção, após ter sido disponibilizada de forma ilegal, tenha sido um desrespeito à preservação dos direitos de sua obra.

Os representantes de ambas as partes envolvidas não quiseram comentar o caso fora dos tribunais.

Comentários

Topo