Menu Papel POP
Projeto sucede elogiado EP lançado em 2017 (Foto: Divulgação/Nora Lezano)

Inmigrantes resgatam o bom e clássico indie rock argentino em novo álbum

Basta assistir à série “Rompe Todo” (Netflix) para se encantar com a história do rock hispano-americano. Entretanto, para além de discos clássicos e artistas formadores, é preciso ficar de olho no que há de mais fresco. A banda argentina Inmigrantes, que acaba de lançar um novo álbum, é um ótimo exemplo.

“America” sucede o elogiado EP “Máquinas de Amor”, lançado em 2017, e apresenta ao público 8 faixas inéditas. Gravado em Los Angeles, nos Estados Unidos, o material reflete sonhos e parte da trajetória do duo Pablo e Carlos Silberberg, que não raro trilham estrada afora.

“As canções surgiram em viagens, viajando por países, paisagens, são aventuras que retratam o belo e o misterioso, invocando o passado e um futuro que ainda não chegou. Em ‘America’ estão as respostas para muitas de nossas perguntas”, explicam ambos, em nota.

Para ouvir, clique na imagem abaixo.

Formada em meados dos anos 2000, a banda lançou o álbum “Turistas en el Paraíso”, seu trabalho de estreia, em 2007. Além de terem recebido duas indicações ao MTV Latin Music Awards a essa altura, explodiram em países como México, Chile, Uruguai e Colômbia por meio dos hits “Golpe de Suerte” e “Grafitti”.

Apaixonados pelo Brasil, os Inmigrantes dizem sentir vontade de voltar a tocar no país. “Desde pequenos adoramos a música brasileira, escutávamos os discos de bossa nova e tropicália do nosso pai. Em 2015, fomos tocar pela primeira vez e desde então sempre voltamos. Amamos o Brasil, sua cultura, as pessoas e sua energia boa que contagia”.

Comentários

Topo