Menu Papel POP
Ele lançou um livro sobre felicidade nesta terça-feira (1º)

Tina Turner dá rara entrevista em que fala sobre budismo, desafios da vida e positividade

MAIS SOBRE:

Para promover o lançamento do livro “Happines Becomes You” (“A Felicidade Se Torna Você”, em tradução livre), Tina Turner falou com a Vanity Fair, apesar de raramente conversar com jornalistas. Na entrevista, publicada nesta terça-feira (1º), a cantora contou como o budismo foi importante para que ela encontrasse alegria diante dos desafios da vida.

“A verdadeira felicidade começa com a convicção de que estar vivo é em si uma alegria. E já temos dentro de nós tudo o que precisamos para explorar esse potencial”, analisou a artista antes de contar que escreveu um livro sobre esse assunto para compartilhar com o mundo como se tornou positiva, ajudando as pessoas a conseguirem o mesmo.

No bate-papo, ela comentou que o budismo a salvou por mostrar um propósito para a vida logo depois que tentou cometer suicídio. “Quanto mais eu lia, mais aquilo fazia sentido para mim. Logo depois que comecei a cantar, percebi que tudo o que eu precisava para mudar para melhor estava dentro de mim”, acrescentou.

Para Tina, o importante é tentar encontrar formas de aprender com as frustrações e os desastres ao longo do caminho. Ela aconselhou: “Nunca desista de você e dos seus sonhos. Cada um de nós tem o potencial de se tornar verdadeiramente e indestrutivelmente feliz, contanto que façamos o nosso melhor para espalhar positividade e gentileza”.

O novo livro dela, vale lembrar, já está disponível para compra.

Comentários

Topo