Menu Papel POP

Os 10 melhores animes de 2020 para assistir e maratonar

Gente, cheguei! O otaku do Papelpop está aqui para te proporcionar o resumo anual dos melhores animes desses últimos meses! Hahahaha. Essa é uma lista que amo fazer porque eu estou sempre procurando lançamentos novos pensando nesse momento, e agora ele chegou. Venho aqui com 10 animes de 2020 que assisti e pirei. Estou explorando vários gêneros, vários estilos e todos disponíveis em streaming para você ver agora mesmo!

Tem romance, títulos absurdos e completamente sem noção, histórias de catástrofes, fantasia, esportes, espíritos, mistério, animais que agem como gente (oi??). Está bem diverso meeeesmo! Hahaha. Então bora!

10) In/Spectre

Lançado logo no início do ano, “In/Spectre” chamou a atenção por ter uma história que parece ser simples, mas que se torna um grande anime de mistérios em que a lógica e o raciocínio da protagonista Kotoko é a principal arma. A jovem personagem passou por um sacrifício de perder o olho direito e a perna esquerda, se tornando a Deusa da Sabedoria no mundo dos espíritos. Por isso, ela é sempre consultada por seres sobrenaturais para solucionar problemas e um deles está intrigando bastante a garota: tem um espírito de uma garota, que era muito famosa e morreu de forma trágica, assombrando os demais espíritos e virando uma ameaça aos humanos. Para impedi-la, ela tem a ajuda de Kuro Sakuragawa, um garoto que, por algum motivo, se regenera e é o pesadelo do mundo espiritual. Como Kotoko não tem poderes, ela usa a solução de mistérios para resolver problemas e a forma como lida com a trama central da história é genial! A garota é manipuladora e prevê comportamentos.

09) Haikyuu!! To the Top

Animes de esporte sempre reunem uma grande comunidade de fãs, é simplesmente a fórmula mágica para uma animação se tornar muito popular! Hahaha. Lembra de “Supercampeões”? Pois bem. “Haikyuu!! To the Top” é sobre vôlei, mais precisamente sobre a jornada do time da Karasuno High School rumo aos grandes campeonatos. O anime não é só fascinante pelas partidas incríveis de assistir e muito bem desenhadas, mas também pela rivalidade entre colégios que nos trás novos desafios a cada encontro. É a série perfeita para se entreter facilmente e ficar viciado!

08) Somali and the Forest Spirit

“Somali and the Forest Spirit” é uma bela pedida aos amantes dos filmes do Studio Ghibli por proporcionar um mundo de fantasia gigantesco e afetivo. Somali é uma humana, numa época em que os humanos foram praticamente extintos por representarem uma ameaça aos outros seres-vivos do anime. Encontrada sozinha e sem nenhuma memória pelo guardião da floresta, ele se vê na missão de protegê-la de ameaças e colocá-la de volta entre os humanos, se é que eles ainda existem. O guardião acaba virando uma figura paterna para Somali e os dois partem numa missão fofa, conhecendo vários companheiros ao longo do caminho. Porém, a amizade entre os dois tem sérios riscos, que podem frustrar as expectativas de Somali.

07) Jujutsu Kaisen

“Jujutsu Kaisen” foi uma ótima surpresa deste segundo semestre, que anda ganhando cada vez mais popularidade conforme os meses passam. Aqui, Itadori Yuuri é um estudante que tem a habilidade de lidar com espíritos. Ele então resolve aprender as técnicas necessárias para impedir que maldições amedrontem a população de onde mora. Porém as coisas começam a ficar cada vez mais perigosas e ele ganha a ajuda do mentor Satoru Gojō. Se você gosta de sagas com muita ação sobrenatural, igual “Bleach” e o recente “Demon Slayer”, vai amar “Jujutsu Kaisen”. É basicamente a febre shonen do momento!

06) Great Pretender

Essa lista tem vários acertos entre os exclusivos da Netflix e “Great Pretender” é um deles. Makoto Edamura é o maior golpista do Japão, que se aproveita da imagem inocente e acolhedora que os turistas têm do país para faturar muita grana. Um dia ele é surpreendido pelo gringo Laurent Thierry, que acaba superando ele na arte do golpe e o convida para elevar a rotina de crimes para uma escala global. É um anime colorido, com um ritmo muito acelerado e que explora um gênero típico dos filmes hollywoodianos de golpe, como “Onze Homens e um Segredo”.

05) Beastars

Também da Netflix, agora é a vez de “Beastars”. O anime ficou muito popular não apenas pelos memes da comunidade furry (hahaha) mas também pela ideia genial de uma sociedade formada por animais que agem como humanos, porém com uma divisão de classes baseada na cadeia alimentar original das espécies. Por conta disso, vemos o protagonista Legoshi, um lobo, completamente fascinado por Haru, uma coelho fêmea. Mas aí o que ele sente por ela é o instinto carnívoro ou algo a mais? “Beastars” tem uma animação rica em detalhes e um ritmo fascinante. É muito legal ver essa soecidade de animais acontecendo, com um toque meio noir em alguns momentos e extremamente colorido em outros, com bastante humor.

04) Given

É muito difícil ver um romance gay contado tão abertamente e de forma tão natural num anime. “Given” foi uma bela conquista nesse sentido, principalmente por trazer uma ótima e reconhecível história de amor dentro de um ambiente escolar. Aqui, acompanhamos Ueyonama, um estudante que tem uma banda e está procurando um vocalista. Ele conhece Mafuyu nas escadarias do colégio e fica encantado com a voz dele, o convencedo de entrar para o grupo. Porém, Ueyonama começa a sentir coisas diferentes por Mafuyu e percebe estar apaixonado. Mas o passado do garoto que conheceu é cheio de traumas que impede essa relação de acontecer. Enquanto esses segredos vão surgindo, o amor entre os dois aumenta e a gente começa a torcer demais pelo primeiro beijo deles. É um romance totalmente clichê? Sim! Mas é lindo ver acontecendo entre dois garotos de uma forma tão aberta e genuína.

03) Dorohedoro

Eu amo coisa nonsense e “Dorohedoro” foi um prato cheio pra mim. Dei play na Netflix porque o visual da animação me chamou a atenção e eu mal podia esperar pela história louca que iria acontecer. Tudo começa num mundo chamado Buraco, feito com uma vibe meio steampunk pós-apocalíptica que é um reflexo de um outro mundo onde feiticeiros vivem. No Buraco, temos Caiman, um cara com cabeça de lagarto que não lembra como foi que ganhou esse visual, mas sabe que dentro dele (literalmente!!) tem um cara querendo encontrar o responsável. Para isso, ele tem a ajuda de Nikaido, uma amiga cheia de segredos. Pode parecer uma história simples, mas inclui mutilação, feiticeis com os poderes mais improváveis do mundo, muito humor ácido e uma mistura de horror com comédia que nos deixa num misto de perturbação e fascínio.

02) Keep Your Hands Off Eizouken

Eu comecei a ficar de olho nos animes de Masaaki Yuasa desde “Devilman Crybaby” da Netflix por conta de um tipo de animação e forma de contar história que nunca havia visto antes. Quando vi que ele iria lançar “Keep Your Hands Off Eizouken”, adaptação do mangá de Sumito Ōwara, fui acompanhar na hora. O que vi foi uma história genial sobre os perrengues, os bastidores criativos e as maravilhas de criar uma animação do zero, visto pelo ponto de vista de Midori, Sayaka e Tsubame. As três formam um clube de animação na escola, com a missão de tirar um grande projeto do papel. É uma homenagem ao anime, contado de uma forma incrível que mistura a realidade das protagonistas com o que acontece na mente delas. Lindo, lindo, lindo!

01) Japan Sinks: 2020

Riscos de terremotos são um medo real aos japoneses e “Japan Sinks”, adaptado do mangá de 1973 de Sakyo Komatsu, conta uma história assustadora: e se um terremoto tão forte atingisse o Japão ao ponto do país afundar? Do mesmo diretor de “Keep Your Hands Off Eizouken”, Masaaki Yuasa, acompanhamos a família Mutō, que se encontra justamente quando um grande terremoto acontece e agora eles correm contra o tempo enquanto procuram lugares que ainda não afundaram completamente. Você vai chorar, sentir raiva pelo destino de alguns personagens e ficar chocado com o quanto a sociedade pode ficar insana num cenário apocalíptico. Eles conseguem sobreviver a essa catástrofe? Bom, é uma experiência únicar acompanhar eles nessa missão.

Comentários

Topo