Menu Papel POP
Foto promocional do Oscar 2020 (Divulgação)

Academia muda regulamento e filmes que estrearem no streaming podem concorrer ao Oscar

Devido às mudanças causadas pela pandemia da Covid-19, como o fechamento de salas de cinema, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas irá facilitar as regras de elegibilidade ao Oscar, que antes não deixava concorrerem filmes exibidos apenas nas plataformas de streaming ou on demand.

Agora, os longas que iriam estrear nos cinemas, mas não puderam, podem concorrer, desde que sejam disponibilizados aos membros da Academia em até 60 dias após o lançamento. Vale ressaltar que a regra só vale para projetos que tinham a proposta inicial de serem lançados num espaço físico [via The Wrap].

A mudança também permite que projetos exibidos em salas drive-in possam se candidatar e que se um filme for lançado em estabelecimento tradicional em uma das seis cidades (como Los Angeles, Nova York, São Francisco, etc.), por pelo menos uma semana, também poderá se alistar.

Leia o comunicado completo:

“Com a reabertura gradual dos cinemas, um adendo foi adicionado para esclarecer os dois métodos de qualificação nas categorias de Melhor Filme e as categorias de inscrição geral avançando até o final deste ano excepcional de premiação (28 de fevereiro de 2021).

1. Os filmes que se destinam ao lançamento nos cinemas, mas são inicialmente disponibilizados por streaming comercial, serviço VOD ou outra transmissão podem se qualificar, tornando o filme disponível no site seguro para membros da Academy Screening Room dentro de 60 dias após o lançamento do filme / VOD ou transmitido.

2. Os filmes podem se qualificar com um lançamento tradicional nos cinemas, completando uma exibição de sete dias em uma das seis cidades classificadas (Los Angeles, Nova York, São Francisco / Bay Area, Chicago, Miami, Atlanta), com exibição pelo menos três vezes ao dia, com pelo menos uma exibição diária entre 18h e 22h. Além disso, os cinemas drive-in nessas cidades agora se qualificam como um espaço comercial, no entanto, a exigência de exibição será ajustada de três vezes ao dia para uma vez ao dia. Os filmes que têm lançamento nos cinemas não precisam ser submetidos à sala de projeção da Academia dentro de 60 dias – é opcional.”

A notícia vem após as exigências de diversidade e inclusão que o Oscar fez recentemente. A cerimônia de 2021  ocorrerá em abril, quase dois meses após o planejado. Desta forma, filmes lançados até fevereiro do próximo ano podem concorrer ao prêmio. Seguindo a linha de alteração no calendário, a lista de indicados também chega mais tarde, apenas em março.

Comentários

Topo