Menu Papel POP
Taylor Swift em ensaio promocional do álbum "folklore" (Divulgação)

Stalker de Taylor Swift é condenado a 30 meses de prisão

MAIS SOBRE:

Eita! Um juiz federal dos Estados Unidos sentenciou um homem da capital do Texas a 30 meses de prisão depois que ele confessou ser culpado de perseguir e enviar cartas ameaçadoras para a antiga gravadora de Taylor Swift, a Big Machine Records.

De acordo com a Billboard, a sentença do stalker, que se chama Eric Swarbrick, foi dada durante uma audiência que aconteceu na última quarta-feira (17) em Nashville. Além dos meses dentro da prisão, o homem ainda deve cumprir três anos de liberdade supervisionada como parte de um acordo de confissão feito em 2019.

Documentos afirmam que Swarbrick mandou cerca de 40 cartas e e-mails para a Big Machine em 2018, pedindo para ser apresentado a Taylor Swift. Ele até chegou a ir pessoalmente à gravadora para entregar algumas delas, que com o tempo foram ficando mais violentas.

Comentários

Topo