Menu Papel POP

Maya Hawke, de “Stranger Things”, revela que foi expulsa da escola por ter dislexia

MAIS SOBRE:

Maya Hawke, mais conhecida como a Robin em “Stranger Things”, revelou que foi expulsa da escola quando criança devido à sua dislexia.

A cantora e atriz revelou à NPR a dificuldade de aprendizagem que teve, que causa problemas de leitura, escrita e ortografia, chamando-a de “uma das grandes bênçãos” da própria vida.

“Eu não diria sofrimento. Eu diria que é, tipo, uma das grandes bênçãos da minha vida de várias maneiras. Mas eu fui, tipo, expulsa da escola por não ser capaz de ler quando era menor. E fui para uma escola especial para crianças com dificuldades de aprendizagem. E demorei muito para aprender a ler, e ainda sou limitada.

Continuou:

“Mas o que é maravilhoso no mundo de hoje é que existem tantas opções. Há algo sobre ter tido uma limitação em relação à minha capacidade de produzir e receber histórias que me deixou ainda mais determinado a amá-las, entendê-las e crescer nelas.”

Para Maya foi “foi profundamente difícil […] estar na classe mais lenta”, embora tenha revelado que os pais Ethan Hawke e Uma Thurman incentivaram a criatividade.

“A cada série que passava, você caía em um grupo de leitura cada vez mais baixo. E outras crianças descobrem. E há bullying. Mas meus pais fizeram um trabalho maravilhoso ao me encorajar a ser criativa.”

Recentemente, a artista lançou o álbum de estreia, “Blush”, que conta com 12 faixas e flerta com o folk-rock em letras afetuosas.

 

Comentários

Topo