Menu Papel POP
Kim Kardashian em foto postada no Instagram e Leonardo DiCaprio em "O Grande Gatsby" (Reprodução)

Kim Kardashian, Leonardo DiCaprio e mais deixam redes sociais por 24h

Nesta quarta-feira (16), Kim Kardashian interrompeu as atividades em suas redes sociais por 24h em adesão ao protesto Stop Hate For Profit (Pare de gerar lucro com ódio, em tradução livre). O movimento tem o intuito de pressionar o Instagram e o Facebook a tirarem os discursos de ódio de suas plataformas e começou após postagens racistas e violentas em relação à morte de George Floyd por um policial em maio.

No post em que anunciou sua parada nas redes sociais, Kardashian disse:

“Eu amo poder me conectar mais diretamente com vocês pelo Instagram e pelo Facebook, mas eu não posso ficar de fora e em silêncio enquanto essas plataformas continuam a permitir a propagação de ódio, propaganda e desinformação.”

Além disso, Kim ressaltou que fake news podem ser muito prejudiciais nas eleições e processos democráticos, lembrando da disputa presidencial estadunidense, que acontece em novembro.

Outras celebridades também aderiram ao protesto: Kerry Washington, Mark Ruffalo, Leonardo DiCaprio Katy Perry congelaram as contas de Instagram por 1 dia. Esta é a segunda onda do movimento, que começou em julho com grandes empresas, que bloquearam suas campanhas publicitárias nas redes sociais de Mark Zuckerberg. Entre os participantes estão Coca-Cola, Unilever, Verizon e The North Face.

Comentários

Topo