Menu Papel POP
Logo do aplicativo TikTok (Divulgação)

Donald Trump aprova acordo que mantém o TikTok dos Estados Unidos

MAIS SOBRE:

Neste sábado (19), a agência de notícias Bloomberg divulgou que Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, aprovou um acordo que permite a presença do TikTok nos Estados Unidos. Na sexta-feira (18), O Departamento de Comércio dos Estados Unidos havia anunciado que o TikTok e o WeChat, uma espécie de WhatApp chinês, seriam banidos das lojas da Apple e Android a partir de hoje (20).

Trump disse que aprovou a compra do aplicativo de vídeos pela empresa Oracle, permitindo que ele permanecesse disponível para download. O governo estadunidense havia mostrado preocupação com o suposto compartilhamento de dados dos usuários com o Partido Comunista Chinês. A nova empresa será chamada de TikTok Global e terá sede no Texas. De acordo com o presidente, ela pode gerar até 25.000 vagas de emprego e irá doar 5 bilhões de dólares para serem investidos na educação do país.

Sobre o WeChat, a juíza federal Laurel Beeler proibiu que o presidente banisse o app em respeito à Primeira Emenda da Constituição, que assegura a liberdade de expressão no país. Ela afirmou que a preocupação do governo é válida, mas existem medidas menos drásticas a serem tomadas antes do banimento, como proibir o uso dos aplicativos em aparelhos do governo como feito na Austrália [via Deadline].

Comentários

Topo