Menu Papel POP

Conheça “Sofia”, série de ficção em formato de podcast do Spotify

MAIS SOBRE:

Além das músicas, audiolivros e o grande sucesso nos podcasts, o Spotify agora dá um próximo passo: o serviço de streaming lança, nesta quarta-feira (08), a primeira série de ficção em formato de podcast, “Sofia”.

A produção conta a história de Helena (Monica Iozzi), que sempre sonhou em abandonar a cidade natal, como diz a sinopse. Então ao conseguir um emprego na empresa de tecnologia que fabrica a assistente virtual ‘Sofia’, a personagem cria esperanças deste ser o maior momento da carreira, mas as coisas não sairão como esperava.

Helena é uma das milhares de operadoras de Sofia (Cris Vianna) e passa os dias espiando o mundo dos usuários do dispositivo inteligente, ajudando-os a responder perguntas e demandas. Só que os usuários não sabem que ela é real. Ao longo do caminho, o mundo de Helena também se torna mais difícil de navegar, pois ela tenta se divorciar do marido, Dani (Hugo Bonemer), enquanto mantém o chefe Carlos (Otaviano Costa) feliz e satisfeito.

O Papelpop esteve na coletiva de imprensa para o lançamento do conteúdo, que contou com a presença de Javier Piñol, diretor do Spotify Studios na América Latina. Ele apresentou “Sofia” como mais um dos esforços da comunidade criativa para melhorar e diversificar o universo dos podcasts. A áudio série é considerada como uma forma de entretenimento mas que, à partir da trama, pode nos prover de uma certa reflexão sobre a nossa relação com a tecnologia.

O diretor também fez questão de esclarecer que a estreia de Sofia não tem relação direta com a pandemia, e que o desenvolvimento desse formato de podcast já havia sido anunciado em 2018: “Um lançamento mundial não se faz em dois meses. Estamos trabalhando há mais de dois anos por esse momento. Estamos trabalhando com os melhores criadores, storytellers, é o fruto de um intenso de trabalho de mais de dois anos, e em breve haverá outros anúncios”.

E “Sofia” não será uma série exclusiva no Brasil também! “Sofia é a inteligência artificial do Spotify”, brinca Javier durante a coletiva. Entretanto, a Sofia brasileira, é, na verdade, a Sara da França, a Susi alemã e a Sonia do México, já que, além do Brasil, a plataforma lança hoje simultaneamente as adaptações do conteúdo em seus mercados mais importantes. “A adaptação cultural do conteúdo foi feita com muita cautela. Contamos com roteiristas locais para ter essa responsabilidade.”, afirma Javier.

Além de roteiristas, toda produção conta com um elenco local de melhor qualidade. No Brasil os escolhidos foram: Monica Iozzi, Cris Vianna, Hugo Bonemer e Otaviano Costa.

“Foi a experiência mais diferente que eu já fiz, porque a Sofia é a mulher mais inteligente que eu interpretei na minha vida!”, conta a atriz responsável pelo papel principal, Cris Vianna. Outra questão abordada pela atriz foi a do desafio de desenvolver uma oratória que transmitisse frieza, objetividade de uma máquina sutilmente humana: “Estávamos buscando a Sofia da inteligência artificial, então eu tive que me afastar do sentimento. Eu aprendi a me escutar ainda mais dentro desse processo.”

Já o ator Otaviano Costa, que iniciou a sua jornada profissional como radialista, e trabalhou como dublador em diversas animações como “Divertida Mente” e “O Touro Ferdinando”, conta que enxerga a sua participação na série como uma jornada interessante que lhe deu a oportunidade de fazer parte da magia da produção sonora e de se sentir num local que o remete às épocas de radionovelas que nunca teve a chance de fazer. “Sofia é uma viagem muito gostosa e prazerosa que nos aproxima de um mundo distópico que já faz parte da nossa realidade atual de um jeito”, afirma o ator.

Hugo Bonemer revela que se considera fã: “Tô muito animado! Já tô ouvindo pela segunda vez! A gente grava o nosso áudio, mas não sabe exatamente tudo o que rola na história e eu fiquei bem interessado para descobrir! A série tem muitos momentos gostosos e engraçadíssimos!”.

Hugo conta que a gravação do conteúdo foi feita individualmente e que espera que o elenco possa se reunir num estúdio para a gravação de uma possível segunda temporada – já que, de acordo com o ator, a primeira deixa muito espaço para isso acontecer.

O elenco presente na coletiva disse estar bem animado para o potencial que a áudio série tem em relação ao futuro da produção de conteúdos criativos em forma de podcast. “Um formato que eu tenho fé e acho que é irreversível no futuro. Era algo que estava no subconsciente! É um jeito de emplacar uma nova forma de dramaturgia.”, comenta Otaviano.

Para finalizar, o Papelpop perguntou para os presentes na coletiva qual séries, filmes ou novelas, eles escolheriam para experienciar no mesmo formato de “Sofia”.

Javier responde que “Algum filme bem visual, como algum do Tim Burton ou Blade Runner para deixar a minha imaginação florescer!”. Otavio sugere “Star Wards”, “Band Of Brothers” e “Dogville”. Cris diz “Pantera Negra” pois “tem muitos diálogos importantes” e “A Vida e a História de Madam C.J Walker”.

Todos os episódios de Sofia estão disponíveis somente no Spotify. É importante ressaltar que todos os podcast são gratuitos no Spotify, basta fazer um cadastro de usuário.

Comentários

Topo