Menu Papel POP

Baixista do Maroon 5, Mickey Madden, é preso por violência doméstica e banda se pronuncia

MAIS SOBRE:

O baixista do Maroon 5, Mickey Madden, foi preso no último sábado (27) por acusações de violência doméstica. O Departamento de Polícia de Los Angeles confirmou a notícia ao Pitchfork e revelou que o artista infringiu o código penal da Califórnia 273.5 (a), que condena qualquer um que cause uma lesão traumática a um cônjuge ou pessoa com quem divide o lar.

Madden foi libertado após pagar fiança de US$ 50.000, cerca de 273 mil reais. Via representante, a banda se pronunciou ao PageSix:

“Estamos profundamente devastados com esta notícia decepcionante. À medida que aprendemos mais, estamos encarando isso com muita seriedade. Por enquanto, estamos permitindo que todos os indivíduos envolvidos tenham espaço para resolver as coisas.”

Madden deverá ir ao tribunal no dia 29 de setembro. Se for considerado culpado, pode pegar até seis anos de prisão. Ele é um dos membros originais do Maroon 5, estando na banda desde 1994 e acompanhando todos os grandes hits do grupo.

O baixista já havia sido preso em 2016 por posse de cocaína, contudo aceitou um acordo de uma condicional e realizou apenas um dia de serviço comunitário.

Comentários

Topo