Menu Papel POP

Jay-Z cobra ação das autoridades no caso George Floyd: “Tenham coragem de fazer o que é certo”

MAIS SOBRE:

Neste último fim de semana, em meio aos protestos antirracistas motivados pela morte do segurança George Floyd nos Estados Unidos, muitos artistas  se pronunciaram a respeito da luta racial.

Um dos nomes mais fortes à frente do movimento, Jay-Z, ligou para o governador do estado de Minessota (onde aconteceu a morte de Floyd e maioria dos protestos), Tim Walz. À imprensa (via Variety) Walz revelou em um comunicado que, durante a ligação, sentiu que não estava falando com o rapper, mas, sim, com um pai negro que sofre com toda a situação vigente.

Ele também afirmou que Shawn, verdadeiro nome de Jay-Z, também pediu justiça.

“Recebi uma ligação [sábado] à noite – para entender o tamanho – de Jay-Z. Não o artista internacional, mas um pai enfatizando para mim que a justiça precisa ser feita. Era tão incrivelmente humano… Era um pai, e acho honestamente que um homem negro cuja dor visceral disso ele entende. Suas palavras resumiram que a justiça precisa ser feita aqui. Ele disse que sente a compaixão e a humanidade dessas pessoas que estão falando. Ele sabe que o mundo está assistindo e como Minnesota lida com isso terá um impacto em todo o país. É um sinal positivo de alguém com uma presença como essa, esteja focado no momento em que os Minnesotanos estão focados.”

Já na noite de domingo (31) Jay-Z também liberou um comunicado em que agradece a Walz por ter colocado um novo procurador no caso de George Floyd. O cantor também cobrou que os envolvidos no homicídio sejam processados pelo estado e pediu coragem às autoridades para fazer o que é certo.

“Depois de nossa conversa muito sincera, obrigado ao governador Walz por fazer o que é certo e chamando o procurador-geral Keith Ellison para assumir o caso de George Floyd. Hoje cedo, o governador Walz mencionou ter uma conversa bem humana comigo – um pai e um homem negro sofrendo. Sim, sou humano, pai e homem negro sofrendo e não sou o único. Agora eu, junto com um país inteiro sofrendo, peço à AG Ellison que faça a coisa certa e processe todos os responsáveis ​​pelo assassinato de George Floyd em toda a extensão da lei. Este é apenas um primeiro passo. Estou mais determinado a lutar por justiça do que qualquer luta que meus futuros opressores possam ter. Eu peço que todos os políticos, promotores e oficiais do país tenham coragem de fazer o que é certo. Tenham a coragem de olhar para nós como humanos, pais, irmãos, irmãs e mães com dor e olhar para si mesmos.”

Os protestos

Em maio deste ano, o segurança chamado George Floyd foi morto, asfixiado por um policial na cidade Minneapolis. A ação foi filmada por pessoas que estavam nas imediações e causou revolta, culminando em uma série de protestos violentos que atingiram mais de 140 cidades dos EUA.

Foi nesta ocasião que ganhou força o movimento “Black Lives Matter”, que tem por objetivo tornar público mortes violentas de pessoas negras e cobrar justiça.

Artistas como Tinashe, Tessa Thompson e Michael B. Jordan estiveram presentes, prestando em apoio à causa. Manifestantes também foram às ruas em Toronto, Londres e Berlim para se opor à violência contra pessoas de cor.

Comentários

Topo