Menu Papel POP

Compositora comenta a transição de “Chromatica II” para “911”, de Lady Gaga

MAIS SOBRE:

Lady Gaga lançou o “Chromatica“ no último 29 de maio e o disco está fazendo tremendo sucesso: alcançou o 1º lugar na Billboard 200 e o 1º lugar da Billboard Hot 100 com o single “Rain On Me”, parceria com Ariana Grande.

Dito isto, muitos fãs ouviram minuciosamente cada partezinha do projeto e não deixaram de notar a transição da faixa “Chromatica II” e “911”, o que chamou atenção. A compositora, Morgan Kibby, falou a EW sobre as duas músicas:

“Chromatica II” foi a peça final que compusemos, e naquele momento ficou claro para Gaga que deveria colocá-la um pouco antes de “911 ”, que já estava completa. Lembro-me desse momento no estúdio tão claramente, porque ela se iluminou, e sem nenhuma palavra, eu virei o teclado, puxei o som das cordas que ela estava imaginando e ela começou a tocar essa incrível ideia de marcato. De lá, nós massageamos a música, e eu me concentrei nas harmonias e dinâmicas para garantir que a energia fosse amplificada. No fim das contas, nenhum de nós tinha ideia de que as pessoas abraçariam esse pequeno momento como um ponto de destaque. Isso me traz tanta alegria que um dos meus momentos favoritos com ela, pessoalmente, acabou sendo alguns dos favoritos de seus fãs, musicalmente.

O álbum foi inteiramente vazado antes de seu lançamento, e o produtor Bloodpop – junto com Gaga e Kibby – sentiram que precisava de algo que unisse às músicas e então poliram o “Chromatica” com interlúdios.

BloodPop disse: “Nós basicamente escrevemos o álbum inteiro, e algo nele parecia cinematográfico, especialmente “Alice”, “Sine From Above” e “Enigma”. Gaga sentiu que o álbum tinha atos distintos, como a curva acentuada à direita que leva quando “911” entra em cena. Nós sabíamos que tínhamos que amarrar o álbum todo quando ela estava classificando a ordem das faixas, e de alguma forma terminamos com a ideia do interlúdio através disso.”

Bora ouvir este hinário?

Comentários

Topo