Menu Papel POP

Billie Eilish revela que pensou em cometer suicídio após ler comentário maldoso no Twitter

MAIS SOBRE:

Billie Eilish sempre foi bem aberta sobre sua saúde mental, revelando que já viveu – e ainda vive – com depressão e ansiedade. Agora, em entrevista a revista britânica GQ, nesta quinta-feira (04), a artista falou que já pensou em cometer suicídio após ler um tuíte maldoso.

O fato aconteceu em 2018, ano que a fama da artista estava surgindo à tona. Billie se situava em Berlim, na Alemanha, e começou a ler comentários na internet até que se sentiu péssima.

“É inacreditável. Eu quase me matei por conta de um tuíte há alguns anos. Eu só pensava a maneira como ia morrer”,

Felizmente o irmão, Finneas, e a mãe Maggie O’Connel entraram no quarto a tempo. “Lembro de como fui trazida de volta à realidade. Eles disseram ‘nós vamos pegar comida, você vai ficar bem sozinha?’. Eu respondi sim, estou bem”, explicou.

A mãe ficou preocupada e pediu ajuda ao manager da turnê para vigiá-la. Eles conversaram e o humor da jovem foi melhorando. Contudo, demorou para que ela conseguisse se desvincular desses pensamentos e comentários negativos.

“Mesmo quando eu tento evitar, o que eu faço atualmente, eu acabo vendo algo porque os fãs, que de fato me defendem, repostam e respondem ao comentário maldoso original no feed deles. Eu não consigo ganhar. O Instagram coloca os comentários de quem você segue, meus amigos, no topo dos posts, mas se eu descer um pouco mais na seção de comentários, isso destrói meu mundo. É tão difícil não ler o ódio.”

Além deste assunto, Billie revelou que nunca se sentiu desejada pelos antigos namorados e que se veste do jeito que se veste pois não quer ser jugada pelo corpo. Recentemente, ela disponibilizou um vídeo da turnê que critica a sexualização dos corpos femininos.

“Aqui está uma bomba para você: nunca me senti desejada. Meus antigos namorados nunca me fizeram sentir desejada. Nenhum deles. E é uma grande coisa na minha vida que eu sinto que nunca fui fisicamente desejada por alguém. Por isso, visto-me dessa forma pois não gosto de pensar em vocês – quero dizer qualquer pessoa, todo mundo – julgando. Mas isso não significa que não vou acordar um dia e decidir usar uma blusa mais justa, como já fiz antes. Bem, eu faço isso e de repente meus seios estão nos trends no Twitter. O que está tudo bem – eles são lindos”.

Terminou dizendo:

“Às vezes eu me visto como um menino. Às vezes eu me visto como uma garota swaggy. E às vezes me sinto presa por essa persona que criei, porque às vezes acho que as pessoas não me veem como uma mulher. Aquele vídeo da turnê era sobre tudo isso. Sou eu dizendo: ‘olha, tem um corpo embaixo dessas roupas e você não consegue ver’. Isso não é uma vergonha? Mas meu corpo é meu e o seu é seu. Nosso próprio corpo é uma das únicas coisas reais que são verdadeiramente nossas. Eu vejo e mostro quando eu quero”.

Veja as fotos do ensaio de capa:

Billie prepara um sucessor para “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”. Enquanto não chega, bora dar stream?

Comentários

Topo