Menu Papel POP

Revista Forbes diz que Kylie Jenner mentiu e não é bilionária; entenda

Eita! Kylie Jenner se envolveu em uma grande polêmica nesta sexta-feira (29). Depois de ter reconhecido a empresária como a bilionária mais jovem da América, a revista Forbes apareceu dizendo que a caçula das Kardashians forjou documentos de imposto de renda para conquistar tal título.

“Este ano, Kylie Jenner vendeu metade da empresa dela de cosméticos em um dos maiores faturamentos de celebridades de todos os tempos. Mas notas da transação revelam que ela tem inflacionado o tamanho e sucesso do negócio. Por anos”, afirma o texto escrito pelos jornalistas Madeline Berg e Chase Peterson.

Os novos cálculos apontam que a fortuna pessoal da Kylie não chega a ultrapassar 900 milhões de dólares. “Receitas de um período de doze meses antes de a Coty ter comprado a empresa de Kylie apontam para uma arrecadação de US$ 177 milhões, muito abaixo das estimativas publicadas na época”, acrescentou a revista

Na época em que Kylie vendeu 51% da empresa dela, foi noticiado que o faturamento da empresária seria de US$ 1.2 bilhões. Apesar disso, o contrato divulgado pela compradora, a Coty, mostra que os negócios da jovem são menos lucrativos do que se imaginava.

“A linha de skincare da Kylie, que foi lançada em maio de 2019, teria faturado US$ 100 milhões no primeiro mês e meio, disseram os representantes da empresária. Os registros, no entanto, mostram que a linha estava na verdade ‘no caminho’ para terminar o ano com US$ 25 milhões em vendas”, afirmou a conceituada revista.

Os jornalistas da Forbes questionam como a caçula das Kardashian arrecadou US$ 125 milhões em vendas no ano de 2018 e supostamente teria acumulado US$ 307 milhões em 2016, como apontam as declarações fiscais dela.

Pelo Twitter, Kylie rebateu as acusações: “Eu pensei que esse site era respeitável. Tudo o que eu vejo é várias acusações imprecisas e suposições não comprovadas. Eu nunca pedi título nenhum ou tentei mentir”.

Comentários

Topo