Menu Papel POP

Em entrevista, Joaquin Phoenix fala sobre reabilitação para tratar problemas com álcool e drogas

MAIS SOBRE:

Conhecido por ser bastante reservado, Joaquin Phoenix decidiu falar sobre sua vida pessoal na última entrevista que concedeu à versão britânica da revista GQ. Na conversa, que foi publicada nesta quinta-feira (9), o ator contou que após o sucesso do filme “Johnny & June” (2005) ele abusou um pouco do álcool.

Relembrando a rotina que tinha na época, o ator classificou seu comportamento como hedonista. “Eu estava em Los Angeles e queria me divertir. O problema era que não estava interagindo com o mundo ou comigo mesmo do jeito que gostaria. Estava sendo idiota, correndo por aí, bebendo, tentando ferrar as pessoas e indo a boates estúpidas”, comentou.

Um acontecimento que marcou bastante aquela fase para Joaquin foi um acidente de carro. Ele estava dirigindo por uma estrada sinuosa quando o veículo capotou. Quem apareceu para salvá-lo foi o diretor Werner Herzog, que o impediu de acender um cigarro enquanto o carro vazava gasolina.

Pouco depois desse episódio, o artista decidiu buscar ajuda profissional ao se internar em uma clínica de reabilitação. Foi lá que ele parou de fumar maconha e diminuiu o seu consumo de álcool, apesar de ainda beber quando viaja de avião por causa do medo de voar. “Há muitas coisas que eu adoro fazer e não quero acordar de ressaca. Não é algo que eu luto contra, é apenas um estilo de vida”, acrescentou.

Que bom que ele está melhor, né? <3

Comentários

Topo