Menu Papel POP

“Madame X Tour” tem encerramento antecipado por conta do coronavírus

Quem foi pra Paris assistir ao show da Madonna neste domingo – ela se apresenta na cidade luz desde o último dia 22 de fevereiro com a turnê “Madame X” – deu muita sorte. É que o governo francês anunciou uma medida de segurança que inviabiliza a realização de eventos com capacidade superior a 1000 espectadores.

A decisão foi tomada após o surto de coronavírus, que já matou 9 pessoas somente no país. Outro 577 casos foram confirmados – 150 deles nas últimas 48h, de acordo com a rádio francesa RFI. Desta forma, as duas últimas datas do espetáculo, marcadas para as próximas terça e quarta-feira (10 e 11 de março) foram canceladas, antecipando seu fim.

A notícia chega após Madonna ter enfrentado uma série de problemas na reta final do tour. Quando ainda dava seguimento a sua etapa norte-americana, ela sofreu uma lesão no joelho e deu início a uma saga de cancelamentos que se estenderia até sua chegada à Europa.

O último desses contratempos aconteceu no sábado (7). Quem chegou ao Le Grand Rex Theatre, em Paris, deu de cara com um informativo dizendo que o show não seria realizado por questões de saúde da artista. Já neste domingo, após ter descansado, ela chegou bem humorada ao espaço e foi recebida por uma fila de admiradores bastante calorosa. Teve até fã brasileira gritando “Gostosa”. Repare só como ela dá uma risadinha ao ouvir hahahah

Este não foi o único grande evento cancelado por conta da doença. Na última sexta-feira (6) o tradicional festival South By South West, realizado nos Estados Unidos, anunciou a queda de todas as atividades programadas, visando o bem-estar do público. Datas de turnês de Mariah Carey, Avril Lavigne e Green Day, entre outros, também foram postergadas.

Com seu registro gravado em Lisboa (ainda sem data prevista de lançamento), a turnê “Madame X” foi um show inovador não apenas na carreira de Madonna, mas também no pop mainstream. Intimista, a apresentação foi realizada exclusivamente em teatros e propunha ao fã uma experiência livre do uso de celular. Rolou em poucas cidades ao redor do mundo, mas com longas temporadas. Por exemplo, somente em Nova York foram feitos 17 shows.

O álbum da rainha, inspirado na cultura portuguesa, está disponível nas plataformas:

Comentários

Topo