Menu Papel POP

Jeremy Camp, cantor que inspirou “Enquanto Estivermos Juntos”, elogia atuação de KJ Apa

“Enquanto Estivermos Juntos”, ou “I Still Believe” em seu título original, conta a história do cantor Jeremy Camp e sua falecida esposa Melissa Lynn, enquanto protagonizado pela estrela de “Riverdale”, K.J. Apa.

A história é baseado na história real do romance entre o cantor com a primeira esposa, que foi diagnosticada com câncer de ovário pouco antes dela e Jeremy se casarem em outubro de 2000. Poucos meses após o casamento, ela morreu em fevereiro de 2001. “I Still Believe” foi a primeira música que o artista escreveu após a morte dela.

Sobre a atuação de K.J., ele elogiou o esforço do ator, que pediu dicas sobre como atuar em determinadas cenas (CinemaBlend):

“É bem bizarro, mas eu acho que o que me deu paz e conforto foi que ele [K.J] me perguntou bem no começo das filmagens ‘ei, como você reagiu nessa situação?’ e pra mim isso quis dizer ‘eu me importo o bastante com você, com quem você é e em como interpretá-lo que quis te perguntar isso pessoalmente’. Ele não precisava fazer isso. Ele é ator, eu não atuo. Mas ele queria saber ‘Ei, como posso retratá-lo com precisão?’ E, honestamente, ele fez um bom trabalho – foi difícil de assistir! Porque ele fez um trabalho tão bom que trouxe todas essas emoções, e a química entre [KJ] e Britt foi tão real que você fica: ‘Uau, isso é difícil de assistir porque parece tão real’.”

Britt Robertson interpreta sua falecida esposa, Melissa, e Jeremy ficou contente com o elenco escolhido – e ressaltou que não fez parte desse processo da escolha do elenco.

“Essa foi uma situação de confiança muito grande, na qual eu não estava envolvido no elenco. Então foi um momento muito assustador em que você ficou tipo ‘Espero que eles escolham a pessoa certa’. Não consigo imaginar mais ninguém me interpretando ou a Melissa do que Britt e KJ – você pode ver. Não estou dizendo apenas porque é o meu filme. É como se você pudesse assistir e partir – eles tinham química, e 2, você pode dizer que eles colocaram seu coração nisso.”

O longa foi dirigido por Andrew Erwin e Jon Erwin (“Eu Só Posso Imaginar”), e conta também com Shania Twain, Melissa Roxburgh, Abigail Cowen e Gary Sinise no elenco. Chega no dia 02 de abril nos cinemas brasileiros.

Comentários

Topo