Menu Papel POP

Capa da EW, Scarlett Johansson fala sobre “Viúva Negra”: “Não seria tão bom 5 ou 10 anos atrás”

Belíssima e gótica, Scarlett Johansson estampa a capa da mais nova edição da revista Entertainment Weekly. A informação foi divulgada nesta terça-feira (10) junto com uma entrevista sobre o novo filme da atriz, que se chama “Viúva Negra” e estreia no próximo dia 30 de abril.

Ali, a artista contou que as primeiras discussões envolvendo um filme com foco total em sua personagem aconteceram durante o lançamento de “Os Vingadores” (2012). Para Scarlett, o desenvolvimento do projeto demorou tanto para acontecer porque ele é resultado de várias mudanças que aconteceram no Universo Cinematográfico da Marvel, que passou a dar mais destaque para as heroínas.

“As pessoas me diziam: ‘Este filme deveria ter acontecido cinco ou dez anos atrás’. Eu penso que, cinco ou dez anos atrás, ele não seria tão substancial. Nós não conseguiríamos fazer isso. Este filme está acontecendo agora como resultado do que estamos vivendo na cultura pop, o que eu acho que é muito bacana”

A atriz ainda se mostrou bastante orgulhosa de estar fazendo parte desse avanço no mundo dos super-heróis: “Eu espero que esse filme continue empurrando as barreiras para que nós possamos ter mais heroínas que são mulheres irreverentes e não apenas são o Batman de salto alto ou algo do tipo”. Ela até relembrou de algumas situações em que foi classificada como uma versão feminina de um personagem masculino.

“Há um tempo, me diziam que um filme da Viúva seria como uma continuação de ‘Bourne’, mas com uma mulher”

Com admiração, Johansson também fez questão de falar sobre o que mais gosta na Viúva Negra.

“Eu acho que a força desta personagem está em sua vulnerabilidade, e em sua aceitação de si mesma. Ela tem uma inteligência emocional que permitiu que ela sobrevivesse sem super poderes. Ela resolve problemas, é pragmática. Eu acho que essas são qualidade bem femininas”

O filme, para quem chegou agora, mostra Natasha Romanoff enfrentando pessoas que fizeram parte do seu passado como assassina. Se ainda não viu, se liga no trailer:

Comentários

Topo