Menu Papel POP

Dez motivos pelos quais Thelma merece vencer o BBB20, por ListaPreta

MAIS SOBRE:

Texto por: Lista Preta (siga o @listapreta no Twitter e no Instagram)

Aos 35 anos, Thelma coleciona conquistas em sua vida pessoal. Assim como a maioria dos brasileiros, a paulistana veio de uma realidade humilde, cercada de grandes batalhas diárias. Médica e passista, ela passou três anos estudando em cursinho antes de prestar vestibular e ser aprovada com bolsa integral em uma faculdade particular. Formada e com carreira estabelecida, antes de entrar para o Big Brother Brasil 20, Thelma se dedicava trabalhando em quatro hospitais.

Com toda certeza não faltam motivos para entender que Thelminha é pra lá de determinada, mas, dentro da casa, a sister conseguiu mostrar muito mais. Sendo assim, separamos um lista com 10 motivos pelos quais a Thelma merece ser a grande campeã desta edição do BBB20.

1. Thelma não deita e sustenta o que diz

Durante uma conversa com Marcela e Gizelly, Thelma mostrou que não se intimida e sustenta suas palavras. Quando, em tom de brincadeira, foi comentado sobre a possibilidade da sister imunizar o participante Babu, Thelminha foi enfática e não voltou atrás na decisão.

Mais do que isso, a médica ainda apontou os motivos pelos quais daria o anjo ao Babu e, deixando Marcela e Gizelly com um nítido desconforto, relembrou que na hora das provas é o brother quem forma parceria com ela. “Se eu pegar o anjo eu dou pro Babu. Não tenho o menor problema em dizer. Ele deu o anjo pra mim e eu nunca tive nenhum problema com ele aqui dentro. Eu gosto muito dele como pessoa”, pontuou.

2. Afrontosa

Receber o monstro tudo bem, mas não dar essa “punição” para quem se fala mal diversas vezes na casa, não. Pelo menos, não perto de Thelminha. Deixando claro que não concordava com a atitude de Ivy e Daniel, que eram os “anjos’ e escolheram Thelma e Flay como os “monstros” da semana, a participante não se conteve e contestou a atitude na mesma hora.

Afirmando que era preciso ter culhão para colocar o líder, que na época era o Prior, Thelma deu a entender que os anjos só não colocaram a liderança no castigo por medo das consequências.

3. Diva que reverencia outros Ícones do BBB

Uma boa Diva sempre sabe que é preciso ter referências e reconhecer a importância daquelas que vieram antes. E com Thelma não é diferente. É bem verdade que sister não curtiu tanto receber o castigo do “monstro”. No entanto, quem seria melhor para nos fazer relembrar de uma das melhores participantes que já esteve presente no Big Brother Brasil, a Solange do BBB4, senão Thelma?

O monstro que seria uma homenagem a Sol, consistia em se vestir com uma gaiola e se colocar no jardim da casa toda vez que a música ‘We Are The World’, composta por Michael Jackson e Lionel Richie, tocasse. Aliás, a versão que era tocada no programa era com a voz de Solange, que cantarolava a faixa de forma única, deixando sua marca na história do reality. Para ficar ainda melhor, Thelma recriou o momento dando uma palinha desse momento.

4. Alma das festas

Passista por hobby, na pista de dança Thelma é versátil, daquelas que só arreda o pé da festa quando o sol já nasceu e a música já parou. Consegue mesclar o samba no pé com passinhos únicos. Sem contar alguns desabafos que ela solta ao longo da noite.

5. Pilar da Justiça no BBB

Se tem uma coisa capaz de mexer com os participantes do BBB, além das punições do Daniel, essa coisa é a divisão entre Xepa e Vip. A diferença na alimentação e no número de estalecas desses grupos já foi o pano de fundo perfeito para inúmeras brigas e choros dentro casa.

Semana vai, semana vem e como consequência do jogo, Babu e Prior até então tinham se tornado presença constante no grupo da xepa, equipe com estalecas restritas e poucas opções de alimentos. Porém, nada disso parecia certo para Thelminha que, mais uma vez, disse em alto e bom som que caso ganhasse a liderança os dois participantes já eram nomes confirmados no Vip. Justiceira do bem faz assim.

6. Promove a conscientização

Campeã que é campeã movimenta as redes mesmo confinada. E com Thelma isso acontece aliada a conscientização. Durante o período em que esteve no grupo da Xepa. A sister foi uma das que mais sentiu o impacto da alimentação.

Em um dos momentos de desespero no Big Brother Brasil, Thelminha não se conteve e caiu em lagrimas alegando estar com fome e dor no estomago. O resultado? A HashTag Fome não é entretenimento ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter.

7. Sincerona

Quando o álcool entra, a verdade sai. Representando boa parte das pessoas que estão do fora da casa, ao final de uma das festas do BBB 20, Thelma mandou a real e gritou que não aguenta mais os participantes. Mas é claro que tudo não passou de uma brincadeira entre os Brothers.

8. Não passa frio pois está sempre coberta de razão

Atenta aos laços e relações dentro da casa, Thelma já mostrou que está muito ciente da dinâmica afetiva dos participantes. Inclusive, sabe exatamente a diferença entre amizade e a aproximação por conveniência. “Eu quero ver o que vai acontecer quando tiver que fugir do obvio.”

Fazendo a leitura de jogo certeira, ela já percebeu que a “comunidade hippie” já está se dividindo o que fez com que ela repensasse o seu grupo de afinidade.

9. Destemida

Sem medo de ser julgada pelo próprio grupo, ela mantém seus posicionamentos no jogo, sempre com muita clareza e coerência. Thelma nunca escondeu de ninguém o carinho que sente por Babu e não, é por estar perto dos seus aliados no jogo, que agiria diferente.

Logo após a permanecia de Babu no paredão que eliminou Victor Hugo, Ivy achou que seria uma ideia dizer que preferia que o resultado tivesse sido diferente. Thelma, que não teme represaria, não hesitou em dizer que apoiava a decisão do público em deixar o Babu na casa. Manu Gavassi se juntou a sister.

10. Ícone da MPB

Se prova do líder é um momento tenso, imagine uma prova de resistência. É nesse tipo de teste que os participantes ficam em situações desconfortáveis, quase sem nenhum conforto. Momento ideal para o desespero, certo? Não para Thelma.

A paulistana já puxou logo um clássico da música popular brasileira para embalar a prova. A canção escolhida foi Bem que se quis, de Marisa Monte. Soltando o vozeirão e mostrando que uma vencedora nem sempre é perfeita.

Comentários

Topo