Menu Papel POP

Liu Yifei, protagonista de “Mulan”, fala sobre coronavírus e boicote ao filme

Nesta quarta-feira (26), a revista The Hollywood Reporter divulgou uma nova edição, com Liu Yifei e Niki Caro na capa. Liu é a protagonista do novo remake da Disney, “Mulan“, enquanto Caro é responsável pela direção do longa.

Em uma entrevista com as duas, além de produtores e outros profissionais da equipe, a matéria trouxa algumas curiosidades sobre a produção. Liu falou sobre coronavírus, bem como a tentativa de boicote ao filme.

A atriz nasceu em Wuhan, cidade com vários casos confirmados da doença, falou que sua família está bem e contou um pouco sobre o modo das pessoas ao lidar com a situação:

“Para mim, é muito difícil até mesmo pensar sobre isso. As pessoas estão fazendo a coisa certa, sendo cuidadosos consigo e com os outros. Fico sensibiliza em ver como eles não saíram por semanas e estou esperando por um milagre, que isso acabará em breve.”

O coronavírus está se espalhando por todo o mundo e isso afeta não somente a saúde das pessoas infectadas, mas a sociedade como um geral. Muitas cidades na China estão paralisadas, os cinemas estão fechados desde o início do ano, por exemplo.

Toda esta situação fez com que o lançamento de “Mulan” na China seja atrasado, ainda sem uma data confirmada. Falando no mercado chinês, vale lembrar que a atriz foi duramente criticada por se posicionar politicamente durante ondas de protestos em Hong Kong.

À época, Liu apoiou a ação da polícia, o que gerou uma tentativa de boicote à produção. Além disso, parte do público também criticou a escolha da artista para interpretar a personagem.

Jason Reed, produtor do filme, contou sobre o processo de audições. Ele disse que algumas pessoas chegavam para os testes muito emocionadas e falando sobre a representatividade da animação:

“As pessoas vinham fazer um teste e diziam: ‘Desculpe, eu sei que isso é pouco profissional, mas antes de começar, eu só quero que você saiba, o filme de animação foi a primeira vez que vi alguém que parecia comigo falar inglês em um cinema'”

O desenho original foi lançado em 1998 e conta a história de uma jovem que se disfarça de homem para ingressar, no lugar do pai, ao exército chinês. Graças a esse ato de coragem, ela acaba salvando o país inteiro da invasão dos Hun.

Aliás, vale lembrar que o live-action estreia nos cinemas brasileiros no dia 26 de março. Caso você não tenha assistido ao trailer, se liga:

Comentários

Topo